'Snapchat' e o "amigo 66"

Acórdão da acusação explica forma de atuação de Paulo Gonçalves

O acórdão da acusação do Ministério Público à SAD do Benfica explica a forma como Paulo Gonçalves operava para ter acesso a informações que se encontravam em segredo de Justiça, através do arguido José Augusto Silva, a quem apelidava de "amigo 66". O WhatsApp ou o Snapchat, aplicação de mensagens temporárias que desaparecem após serem visualizadas, eram as duas formas privilegiadas por Paulo Gonçalves para chegar à conversa com o oficial de Justiça.

Por exemplo, no dia 2 de fevereiro de 2018, Paulo Gonçalves entrou em contacto com José Augusto Silva via Snapchat para pedir a ajuda do funcionário judicial para a pesquisa de um processo que o Benfica interpôs sobre o Sporting e, na altura, ao seu diretor de comunicação, Nuno Saraiva, por declarações que este prestou à televisão oficial dos leões, a Sporting TV.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.