Soares de Oliveira: «Há dois anos ninguém conhecia João Félix»

Numa conferência em Madrid, administrador realça importância do Seixal para o Benfica

• Foto: Luís Manuel Neves

Domingos Soares de Oliveira, administrador da SAD do Benfica, esteve ontem no World Football Summit, conferência realizada em Madrid, e explicou a importância que o Seixal tem para os encarnados, quer desportiva, quer financeiramente. Exemplificou com João Félix, que se estreou a titular no passado domingo, e deixou a garantia: "Estamos totalmente comprometidos com esta estratégia."

A conferência, que hoje termina, reúne as mais diversas personalidades ligadas à indústria do futebol. Uma oportunidade para Soares de Oliveira explicar a razão do forte investimento na academia. "Deve-se, sobretudo, ao valor do nosso mercado. Quando me juntei ao clube, o total das nossas receitas era de 45 milhões de euros anuais, enquanto os melhores clubes da Europa estavam nos 200 milhões ou mais. A diferença era enorme. O mercado português, em termos de desenvolvimento, era demasiado pequeno. Agora, acabámos a época com 300 milhões de euros de receitas anuais. A razão pela qual investimos tanto é porque, em termos de patrocinadores ou direitos televisivos, o mercado português é limitado. Precisámos de encontrar receitas adicionais e tivemos bons resultados."

Soares de Oliveira falava no painel ‘O Financiamento dos Clubes’, quando se referiu a uma das novas pérolas das águias, que está blindada por uma cláusula de rescisão de 60 milhões de euros. "Ontem [anteontem], jogámos, vencemos e o primeiro golo foi de um jogador de apenas 18 anos. Ainda há dois anos jogava na academia e ninguém o conhecia. Esta é uma estratégia completa e o Benfica está totalmente comprometido com ela."

Bons resultados

A formação foi um tema que o dirigente focou na capital espanhola e sobre a qual foi muito questionado. Mas também enfatizou outro aspeto, relevante para as receitas do Benfica. "Temos tido muito bons resultados na academia, não só com jogadores portugueses, mas com outros que são promissores e provenientes de outros países. Naturalizamo-los, desenvolvemos e colocamos no mercado para procurar vender por um valor superior àquele pelo qual os compramos."

Equipas técnicas e scouting alvo de rasgados elogios

Para que a estratégia do Benfica no capítulo da formação seja bem-sucedida, não basta haver condições e jogadores talentosos, adiantou Soares de Oliveira, tecendo elogios aos treinadores dos vários escalões do Benfica. "Os resultados também dependem muito da escolha e da qualidade dos treinadores. Temos muita atenção nisso. E se tiverem de ir ao estrangeiro para atividades e formações, apoiamos isso", frisou, não esquecendo ainda a equipa de scouting das águias, a qual "tem enorme qualidade". "Apostamos nisso desde há uns anos e é muito importante. E não falamos do scouting de jogadores com 20 anos, mas sim com 12 ou 13 anos."

Por Valter Marques
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.