Soares Oliveira: «Os grandes clubes não levam a Liga Europa a sério. Nem os portugueses»

Administrador das águias defende mudança na distribuição de receitas da UEFA

• Foto: Vítor Chi

Domingos Soares Oliveira defende uma mudança na distribuição das receitas da UEFA, de forma a tornar a Liga Europa mais atrativa do que é atualmente. "A divisão de receitas entre Liga dos Campeões e Liga Europa não é justa. É cerca de 75-25 por cento nesta altura. Uma divisão de 65-35 por cento seria mais justa", sustentou.

O Benfica assume que gosta do modelo da Liga dos Campeões, mas reconhece que "jogar Liga Europa é completamente diferente". "Fizemos 35 milhões de euros da Liga dos Campeões no ano passado quando chegámos aos quartos de final frente ao Bayern. Foi uma parte importante das nossas receitas", assumiu.

Apesar das finais de 2013 e 2014, o administrador do Benfica assume que a Liga Europa é um prémio de consolação. "Os grandes clubes não levam a Liga Europa a sério. Nem os portugueses", garante: "Os treinadores preferem poupar os melhores jogadores se tiverem um grande jogo no fim de semana seguinte... A menos que cheguem aos quartos de final ou meias-finais. Aí, a situação muda."

Sobre a criação de uma Superliga europeia, a posição é de cautela. "É uma oportunidade e uma ameaça. Se fizermos parte dela, beneficiaremos. Se não, será um problema. Em todo o caso, se os grandes clubes só participarem por convite isso vai destruir as bases do futebol. Quem ganha deve ser recompensado", sublinhou.

Por Sérgio Krithinas
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0