Sócrates e Lello viabilizaram centro de estágio 'ilegal'

PDM do Seixal só foi alterado em 2015

• Foto: Luís Manuel Neves

O centro de estágio do Benfica, inaugurado em setembro de 2006, esteve ‘parcialmente ilegal’ durante nove anos pelo facto de não ter existido alteração do Plano Diretor Municipal (PDM) ou de o Benfica não ter apresentado um Plano de Pormenor (PP). Isto porque parte dos 14 hectares da construção pertenciam à Reserva Ecológica Nacional.

A 6 de novembro de 2001, um despacho conjunto, assinado pelos ministros do Ambiente e do Desporto, José Sócrates e José Lello, respetivamente, viabilizou a construção do Caixa Futebol Campus, mas a verdade é que, sem um novo PDM ou um PP, a obra tornou-se ‘clandestina’ entre 2006, ano da inauguração, e 2015, quando foi alterado o PDM.

Segundo os emails tornados públicos , a situação foi comunicada a Domingos Soares de Oliveira no dia 24 de maio de 2011 por Pedro George, arquiteto responsável pelo primeiro projeto do campus encarnado, no qual referiu que a Câmara do Seixal "meteu os pés pelas mãos" e usou o termo "obra clandestina".

A Record, George explicou tratar-se de uma "expressão jocosa" para destacar que o Futebol Campus estava desvalorizado por causa da situação em que se encontrava. Face à inexistência de PDM e PP, a obra foi "momentaneamente" clandestina. E só arrancou graças ao despacho dos ministros, declarando interesse público do projeto.

Esta situação foi abordada pela primeira vez no dia 20 de abril de 2000 por Ricardo Ribeiro, que desempenhava funções como vereador do Partido Socialista na Câmara Municipal do Seixal. À Rádio Renascença, Ricardo Ribeiro chegou mesmo a admitir chumbar o projeto. "Não se podem tomar atitudes que passam pela violação do PDM." Contactado ontem pelo nosso jornal, o então vereador socialista remeteu a sua posição para as declarações proferidas na altura e para o que ficou redigido em ata, sublinhando não ter em mãos os detalhes do processo.

Certo é que, desde a inauguração, em 2006, o Caixa Futebol Campus funcionou em plena legalidade apenas durante três anos. Recentemente, Luís Filipe Vieira anunciou que está prestes a chegar a acordo com a autarquia do Seixal para a expansão do centro de estágio para os terrenos circundantes. Em marcha está já a construção do colégio do clube e ainda de um novo polo hoteleiro. 

114
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.