Record

Tinoco de Faria: «Inaceitável para clube como o Benfica»

VICE-PRESIDENTE E A DERROTA COM GONDOMAR

Tinoco de Faria considerou, ontem, em declarações ao programa Fora de Jogo, da RTP 1, que a derrota caseira frente ao Gondomar, e consequente eliminação da Taça de Portugal, "é uma situação inaceitável para um clube como o Benfica."

O vice-presidente da SAD encarnada enquadrou, assim, a substituição de Jesualdo Ferreira no comando da equipa técnica. "Entendemos que era chegado o momento de tomar decisões e a primeira foi que Jesualdo regressasse às funções para as quais foi contratado, abandonando o cargo de treinador da equipa principal. Foi uma atitude a contragosto, porque essa não é a nossa filosofia", afirmou o dirigente dos encarnados.

Instado a comentar a conjuntura de crise no clube, Tinoco de Faria reagiu com tranquilidade. "Parece-me que crise é uma expressão desadequada ao momento do Benfica. Mas, do ponto de vista desportivo, admito que (com Jesualdo Ferreira) ficamos abaixo daquilo que pretendíamos. Por razões diversas, os objectivos não foram cumpridos."

Sobre o futuro técnico dos lisboetas, o responsável pela área jurídica da Direcção confirmou que a escolha deverá passar por um estrangeiro "de prestígio inequívoco". "Estamos a estudar as possibilidades que o mercado nos oferece."

Tinoco de Faria destacou, por outro lado, que "não há poderes erráticos no Benfica", catalogou de "positiva" a colaboração com o empresário José Veiga e garantiu que tudo "está a ser feito para manter as modalidades amadoras", salientando a continuidade do basquetebol.
6
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

M