Record

Toni apresenta-se e realiza primeiro treino segunda-feira

MAIS UMA CONTRATAÇÃO NA LUZ

Toni apresenta-se e realiza primeiro treino segunda-feira
Toni apresenta-se e realiza primeiro treino segunda-feira • Foto: Paulo Calado
TONI vai ser apresentado segunda-feira como reforço do Benfica para a época 01/02. O lateral-direito que alinhou no Farense durante a época passada assinou um contrato válido para as próximas três temporadas com o clube da Luz, constituindo mais uma alternativa para o técnico benfiquista, e seu homónimo, Toni.

No treino da tarde, às 17.30, o treinador já vai contar
com o reforço, de 22 anos, incluído no grupo de trabalho que
vai iniciar a preparação do jogo com o Beira Mar.

O Benfica passa a poder contar até final da presente temporada
com mais um lateral-direito: para além de Cabral, cuja boa forma o levou a ser chamado à selecção nacional por António Oliveira, e o jovem Ricardo Esteves, que alterna participações na equipa principal com jogos na formação alternativa do clube da Luz.

Toni foi, aliás, um jogador falado para o clube encarnado já no final da época passada. Depois de se saber que a SAD pretendia reforçar (e muito) o plantel, nomeadamente as zonas laterais da defesa, o nome do jogador veio à baila. E chegou a haver contactos avançados entre as partes.

Mais tarde, Cabral assinou pelo Benfica e antes já Quim Berto, entretanto dispensado, tinha rubricado um contrato com o clube. O caminho para Toni no Estádio da Luz ficou tapado. Temporariamente, como agora se prova.

Entretanto, o jogador saiu do Farense. Trocou o Algarve por Inglaterra, assinando um contrato com a empresa "Premier Holding", representada em Portugal pelo antigo internacional irlandês do FC Porto, Mike Walsh. Os ingleses pagaram cerca de 110 mil contos pelo atleta. Seguidamente, colocaram-no à experiência em diversos clubes da Premier League. Prestou provas no Leicester City e no Manchester City, que acabou
por descer de divisão.

A empresa de Walsh ia tentar, inclusivamente, colocar Toni no Newcastle United, orientado por Bobby Robosn, ex-Sporting e ex-FC Porto. Mas o Benfica antecipou-se e garantiu o concurso do atleta, tenso assinado contrato no dia do jogo em que os encarnados bateram o Vitória de Setúbal, na Luz, por 3-2. Para consumar o acordo sem que a "Premier Holding" seja compensada, vai ser alegada a nulidade do contrato assinado entre Toni e aquela empresa.

Alegadamente, nesse documento ficou estabelecido que o Antuérpia serviria como clube de destino para o jogar. Mas o jogador nunca actuou ou sequer treinou no conjunto belga.

Por esse e outros motivos, Toni sente-se um jogador livre para assinar a custo zero por quem quer que seja. Quando surgiu a
possibilidade de representar o Benfica, o jovem lateral nem hesitou.

Agora vai alinhar num grande português, um sonho de criança de um atleta que começou a carreira no Vitória de Setúbal, passou pelo modesto Lusitano de Évora e brilhou no Farense.
17
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Vieira deixa cair Salvio

Presidente encarnado não vai melhorar a oferta apresentada ao agente de El Toto. Se este não baixar pretensões, o argentino deixará a Luz
Notícias

Notícias Mais Vistas

M