Record

Um tiro mágico de Suazo

HONDURENHO APONTOU O GOLO 5.000 DO BENFICA NA LIGA

Um tiro mágico de Suazo
Um tiro mágico de Suazo
Estavam decorridos 15 minutos do jogo em Guimarães quando o Benfica atingiu a marca histórica dos 5.000 golos apontados no campeonato nacional. David Suazo levou a águia ao céu, na mesma cidade onde José Rosário, a 5 de Março de 1950, pôs assinatura no golo 1.000 dos encarnados. De resto, com o remate certeiro de ontem o hondurenho cometeu a proeza de entrar na lenda encarnada com escassos meses de clube, feito que não está ao alcance de todos. E ainda acrescentou ao momento inesquecível a estética de um golo esplendoroso, que abriu caminho a uma vitória muito importante.

O lance, iniciado num passe de letra executado por Pablo Aimar, foi concluído com uma brilhante cavalgada de Suazo, que recebeu a bola, venceu a oposição de dois defensores vimaranenses e, à entrada da área, aplicou remate fortíssimo, cruzado e rasteiro, sem defesa para Nilson. Com esse tiro memorável, confirmou a tendência mais recente de serem estrangeiros os autores dos golos benfiquistas considerados nesta estatística: o russo Yuran assinou o 4.000, frente ao Beira-Mar, e o checo Poborsky fez o 4.500 em Setúbal.

Mais informações na edição impressa de Record

Saiba tudo sobre este tema com o Meu Record. Instale-o e faça parte do mundo Record.
22
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

M