Record

Vieira acabou noite de contestação com os adeptos do seu lado: «Acreditem, porra!»

Discurso do presidente encarnado tocou em quase todos os pontos

• Foto: Arquivo/Miguel Barreira
Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, viveu esta sexta-feira durante a Assembleia Geral do clube um dos momentos mais atribulados ao longo de toda a sua (longa) presidência do Benfica.

Na ressaca de um mau momento desportivo - agudizado pela derrota por 5-0 sofrida em Basileia -, Vieira viu dezenas de adeptos colocarem grande parte das suas opções em causa, desde o investimento (ou falta dele) no plantel de futebol, a política de comunicação, o papel de Rui Costa, a saída de Nuno Gomes, os negócios com Jorge Mendes e até o contrato com a NOS.

Já perto das 2 horas da manhã, Vieira subiu finalmente ao 'palanque' para responder aos adeptos, tocando em praticamente todas as questões colocadas. O presidente dos encarnados foi interrompido por várias vezes - um dos adeptos chamou-lhe mesmo 'aldradão' e mereceu resposta à letra de Vieira - mas no final conseguiu fazer com que os sócios saíssem do pavilhão 2 da Luz mais calmos do que entraram.

O presidente dos encarnados não saiu aclamado, mas foi fortemente aplaudido no final do discurso, que terminou com uma frase sintomática do que foi toda a mensagem do presidente, quer no conteúdo, quer na forma (bem mais informal do que é habitual). "Acreditem, porra!".
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

M