Vieira e a 'loucura': «Se Bruno de Carvalho tivesse continuado...»

Presidente do Benfica voltou a falar da expressão que lançou na AG

Luís Filipe Vieira voltou esta terça-feira a falar da expressão "loucura", que lançou numa Assembleia-Geral a propósito do eventual ataque a jogadores do Sporting que tinham rescindido, garantindo que a sua vontade mudou assim que Sousa Cintra assumiu o comando da SAD dos leões.

Inquéritos

Ficou convencido com as explicações de Vieira?

"Se Bruno de Carvalho tivesse continuado, éramos capazes de cometer uma ou duas loucuras. No dia em que Sousa Cintra começou a comandar a SAD garanti que não íamos buscar ninguém ao Sporting. No dia em que falei na AG, fi-lo porque todos sabem os ataques de que fomos vítimas por parte desse senhor, que pensava mais no Benfica do que no Sporting. Seria um ataque a esse senhor e não à instituição. Íamos atacar dois ou três jogadores", garantiu, ainda que não tenha esclarecido de quais jogadores estaria a falar.

Por Flávio Miguel Silva,Pedro Ponte,Fábio Lima e Luís Miroto Simões
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.