Luís Filipe Vieira fala na AG: «No Benfica não existem sacos azuis»

Presidente recusou que as águias estejam envolvidos em casos de corrupção

• Foto: Paulo Calado

Luís Filipe Vieira vinha a ser acusado de fugir aos temas polémicos que têm atingido o Benfica, mas o presidente das águias aproveitou a Assembleia Geral para falar dos processos judiciais... E não só. O insucesso desportivo da última época e o programa em marcha para voltar à rota dos triunfos também foram falados na reunião magna do clube.

O líder máximo do emblema da Luz falou na existência de uma coligação negativa que tem procurado manchar o nome do clube, mas começou por tranquilizar os sócios, sublinhando  que não existem sacos azuis e explicou a ligação às empresas de informática que estão sob alvo de investigação. "Reafirmo que no Benfica não existem sacos de nenhuma cor e espécie e, menos ainda, sacos azuis", enalteceu Vieira logo no início da intervenção. 

Vieira aproveitou a boleia do caso dos Vouchers, o qual foi encerrado sem o Benfica ser condenado, para apelar à confiança dos benfiquistas na direção do clube e, enalteceu, que os polémicos emails divulgados serviram apenas para "condicionar os agentes desportivos contra o Benfica". Defendeu, ainda, que na Luz todos estão empenhados no apuramento da verdade e ao lado da Justiça, tal como na investigação que está a ser efetuada aos jogos dos últimos cinco anos. Contudo, sublinhou que "o único crime que está provado é a violação e adulteração de correspondência". 

Enaltece forma como decorreu AG

Na reta final da AG, Vieira destacou a forma elevada e aberta como decorreu a discussão na assembleia geral, destacando que acabou por não existir qualquer agitação, como chegou a ser apregoado, mas sim um debate franco.

(notícia atualizada às 01h28)

Por Valter Marques
46
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.