Vieira recusou 25 milhões do Milan por Lindelöf

Novos responsáveis dos italianos e diretor-desportivo estiveram em Lisboa e reuniram-se com o presidente encarnado

• Foto: Vítor Chi

Luís Filipe Vieira recusou uma proposta de 25 milhões de euros por Lindelöf. A oferta foi entregue em mãos pelos novos responsáveis do Milan – assim os investidores chineses confirmem a compra do clube –, que estiveram terça-feira em Lisboa e reuniram-se com o presidente do Benfica para tentar contratar o internacional sueco, de 22 anos.

Em Lisboa estiveram Marco Fassone, novo administrador-delegado do Milan, e também Massano Mirabelli, diretor-desportivo do emblema transalpino, que se reuniram à mesa com responsáveis encarnados. A boa temporada que Lindelöf está a rubricar tem despertado o interesse de grandes europeus e o Milan quis ganhar alguma vantagem.

Com a atual cláusula de rescisão situada nos 30 milhões de euros, Lindelöf está a negociar a renovação de contrato com o Benfica, mas esta situação não tem sofrido grandes alterações. Consciente do valor do defesa-central e do interesse que ele tem despertado, Luís Filipe Vieira há muito que iniciou o processo de renovação de um jogador a quem pretende dar uma cláusula de rescisão no dobro do valor, ou seja 60 milhões de euros.

O Milan junta-se a outros gigantes que cobiçam o camisola 14 , como o rival Inter ou Manchester United, Chelsea e PSG, mas foi aquele que mais se aproximou das águias. De qualquer forma, o valor apresentado é baixo para as pretensões de Vieira que prefere aumentar o jogador e renovar contrato a vendê-lo no imediato.

Apesar da recusa, os responsáveis rossoneri prometeram não desistir do jogador e deixaram uma porta aberta para voltar a negociar. Vieira, por seu lado, não quer perder o foco na renovação do sueco, que recentemente usou a braçadeira de capitão da seleção do seu país.

Procura confirmada

Lindelöf mudou de empresário recentemente e agora é representado por Hasan Cetinkaya, que trabalha em parceria com Fali Ramadani, conhecido agente que tem excelentes relações com o Benfica.

Cetinkaya, que há uma semana falou ao jornal ‘Sportbladet’, confirma que meia Europa está de volta de Lindelöf, tendo recusado falar em nomes. "Não há fumo sem fogo e nada disto é estranho. O interesse no Victor existe e é grande", referiu o representante do central.

Na Luz ninguém fecha a porta a uma venda no final da temporada, mas terá de ser por números suficientemente altos que convençam Vieira. Os responsáveis benfiquistas querem, agora, subir a cláusula e aumentar o poder negocial junto dos interessados.

Interesse transalpino alargado ao ‘scout’ José Boto

Além de ter feito chegar à SAD uma proposta milionária por Lindelöf, o interesse do AC Milan alargou-se, também, a José Boto, um dos ‘scouts’ (olheiros) do departamento de prospeção do clube da Luz. Segundo apurámos, os ‘rossoneri’ contactaram mesmo o ‘scout’ dos encarnados por telefone, convidando-o para fazer parte da prospeção milanesa como ‘chief scout’, ou seja, responsável pela observação de jovens talentos do futebol. A forma como o Benfica tem descoberto alguns futebolistas com larga margem de progressão em mercados europeus ou ainda de países sul-americanos não passou despercebida ao AC Milan.

Por Nuno Martins e Vanda Cipriano
27
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.