Zivkovic apanhou susto com apedrejamento do autocarro

Objetos bateram no lugar onde estava sentado

O relógio ainda não marcava as 19h15 quando o autocarro do Benfica chegou ao Dragão, mas quando entrou na garagem já eram visíveis as marcas do apedrejamento que acontecera minutos antes. Nas imediações do estádio, o ‘Vermelhão’ foi atingido por pelo menos duas pedras, tendo uma ainda atingido o carro particular de Luís Filipe Vieira, que acompanhava a equipa. Ao que foi possível apurar, na viatura do presidente não ficaram grandes danos, mas Zivkovic apanhou um grande susto. Afinal, as pedras acertaram na zona do lugar onde ia sentado.

A Polícia de Segurança Pública (PSP) disse não ter "indicação de qualquer ferido" e não confirmou que o episódio tenha atingido o carro de Vieira: "Só temos informação de que apenas o autocarro foi apedrejado".

De resto, a possível dispersão dos adeptos encarnados na viagem para o Porto que tanto preocupava a PSP acabou por se revelar relativamente pacífica. A maioria – pelo menos 2 mil – concentrou-se num parque a cerca de 600 metros do estádio, possibilitando uma caixa de segurança. Para além da habitual troca de insultos pelo caminho, não houve incidentes. Na saída, o cenário repetiu-se.

Entretanto, o Benfica irá avançar com os "competentes processos judiciais contra o empresário João Rafael Koehler pelas graves declarações que produziu [ontem à noite] na SIC Notícias. Entre outras coisas, Koehler disse: "Há um sentimento de impunidade e depois queixam-se que os autocarros são apedrejados. É algo que não devia acontecer mas, como se diz no Porto, põe-se a jeito."

Por Filipe Pedras e Rui Sousa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas