Covid-19 não abala Vasco Seabra: «Sabemos viver na adversidade»

Boavisteiros jogam amanhã em Vizela e querem corrigir eliminação precoce na última edição da Taça

• Foto: Peter Spark / Movephoto

O Boavista viveu um ciclo complicado durante a pausa do campeonato para os compromissos das seleções, com vários casos de Covid-19 no plantel - inclusive o treinador Vasco Seabra - a condicionar o que deveria ser uma preparação normal da Taça de Portugal.

O treinador não se mostra abalado por essa realidade e reforça que o Boavista "sabe viver na adversidade", defendendo a ideia de que a pantera vai dar o máximo para derrubar o Vizela na partida de amanhã. Até porque o Boavista não quer repetir a experiência da temporada passada, em que foi eliminado pelo Chaves (igualmente uma equipa da 2.ª Liga, como o Vizela) logo na estreia na competição.

Antevisão ao jogo: "Encaramos este jogo com total seriedade. Nesta casa cada jogo é importante e encaramos sempre com grande ambição de vencer. Será um jogo tremendamente difícil. O Vizela teve um comportamento muito bom contra o Benfica [n.d.r: foi afastado pelas águias na 4.ª eliminatória da prova mas até esteve a maior parte do desafio em vantagem no marcador] e mantém a maioria da base. Vão estar motivados para tentar ferir-nos. Nós temos capacidade para seguir em frente e temos de demonstrar isso, até porque queremos fazer diferente do ano passado."

Eventuais mudanças na equipa: "Vamos colocar o melhor onze e o mais capaz para vencer o Vizela. Não tem a ver com os mais ou menos utilizados durante a época."

Covid-19 no plantel: "É uma situação difícil, ingrata. Parámos alguns treinos, mas depois o grupo reagiu bem. Tivemos sempre alguns impedimentos, jogadores a estarem 10 dias em casa. E isso pode ter implicações do ponto de vista físico. Mas tenho confiança neste grupo, um grupo sério. O Elis está longe, infelizmente, e para sair de lá [Honduras] terá de aguardar até que volte a dar negativo. Ele queria muito cá estar."

Preparação condicionada depois da derrota em Faro: "Não queremos enfatizar sempre o mesmo... Esta equipa quanto mais tempo de trabalho tem, mais cresce. Teve percalços, é verdade, mas nós sabemos viver na adversidade. Não vai ser essa a desculpa. O plantel trabalhou com afinco e com garra. Isso não será motivo para nos desculparmos de nada. Será sim motivo para nos agarrarmos com ainda mais força e sermos ainda melhores."

Por André Gonçalves
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Boavista

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.