Erwin Sánchez: «Segurança nos 31 pontos»

Boliviano elevou a barreira da permanência

• Foto: LUSA

O treinador do Boavista não é de mínimos e, por isso, fez questão de elevar a barreira da permanência. "A segurança está nos 31 pontos. Falei com os jogadores e temos de nos concentrar nos jogos, não nas contas", atirou, no final partida que devolveu os axadrezados aos triunfos, após quatro jogos sem sentir esse sabor.

"Tivemos boas ocasiões para definir o jogo muito antes, mas o mais importante foram os três pontos", regozijou-se Erwin Sánchez, para concluir sobre um lance fulcral do jogo: "Não tivemos calma suficiente para aproveitar melhor a expulsão. Seja como for, estou satisfeito com a equipa." 

Por Nuno Barbosa
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Boavista

Yusupha Njie sob análise

O internacional gambiano, de 27 anos, terminou a sua ligação ao Boavista e está livre para definir o seu futuro

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.