Jogadora do Boavista vítima de racismo: «Levantou-se muito alterada a chamar-me 'preta do c...'»

Árbitra do jogo com o A-dos-Francos expulsou jogadoras. Internacional brasileira apresentou queixa-crime contra adversárias

Milena Bispo, jogadora do Boavista, assegurou ao Correio da Manhã que foi vítima de racismo no jogo em casa do A-dos-Francos, das Caldas da Rainha, no sábado, em partida a contar para a I Liga de futebol feminino. Garante que foi insultada por duas adversárias, que acabaram por ser expulsas. Sem pedidos de desculpa por parte das futebolistas do A-dos-Francos, a internacional brasileira, de 20 anos, que chegou aos axadrezados em dezembro do ano passado, resolveu avançar com uma queixa-crime. 

Segundo Milena, a primeira situação ocorreu aos 45 minutos. "Durante um lance em que fui dividir a bola com uma adversária, ela acabou por cair em cima do meu tornozelo. Eu desequilibrei-me e pisei-a. Ela levantou-se muito alterada a chamar-me ‘preta do c...’. A árbitra expulsou-a", contou.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Boavista

Sempre em alerta

Lito Vidigal não precisa de outros exemplos para saber que não pode facilitar em Chaves

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.