Jogadora do Boavista vítima de racismo: «Levantou-se muito alterada a chamar-me 'preta do c...'»

Árbitra do jogo com o A-dos-Francos expulsou jogadoras. Internacional brasileira apresentou queixa-crime contra adversárias

Milena Bispo, jogadora do Boavista, assegurou ao Correio da Manhã que foi vítima de racismo no jogo em casa do A-dos-Francos, das Caldas da Rainha, no sábado, em partida a contar para a I Liga de futebol feminino. Garante que foi insultada por duas adversárias, que acabaram por ser expulsas. Sem pedidos de desculpa por parte das futebolistas do A-dos-Francos, a internacional brasileira, de 20 anos, que chegou aos axadrezados em dezembro do ano passado, resolveu avançar com uma queixa-crime. 

Segundo Milena, a primeira situação ocorreu aos 45 minutos. "Durante um lance em que fui dividir a bola com uma adversária, ela acabou por cair em cima do meu tornozelo. Eu desequilibrei-me e pisei-a. Ela levantou-se muito alterada a chamar-me ‘preta do c...’. A árbitra expulsou-a", contou.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Boavista

Notícias

Notícias Mais Vistas