Jorge Simão: «As coisas não estão fáceis»

Treinador lamenta mais um desaire

• Foto: Peter Spark/Movephoto

Jorge Simão, treinador do Boavista, lamentou mais uma derrota averbada pelas panteras, explicando que não está fácil dar a volta à situação na equipa do Bessa.

Momento:

"Momento difícil, não há volta a dar. Hoje o jogo para nós tinha importância acrescida pelo facto de não somarmos pontos há 2 jornadas e acaba por ser uma vitória da equipa mais tranquila, uma vitória justa. Tínhamos feito uma entrada forte, estávamos bem no jogo, tínhamos aqui ou ali conseguido criar oportunidades e depois do primeiro golo acentuou-se a ansiedade dos jogadores, o que fez com que não conseguíssemos ter os comportamentos que costumamos ter. Foi uma partida nervosa, que culminou no 2-0, e a partir daí era importante transmitir uma atitude competitiva. Aqui ou ali não conseguimos, mas agora não há como esconder-nos. Não estão fáceis as coisas. Mesmo como está, é ir à luta. Não há outra opção."

Ausências:

"Nunca me escondi aí e não é agora. Não é desvalorizar essas ausências, mas é valorizar quem tem oportunidade. Tenho de reforçar a confiança que estes jogadores merecem, desenvolver a atitude competitiva, para em momentos como estes termos a capacidade de ir à luta".

Por Pedro Morais
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Boavista

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.