Jorge Simão: «Não há mal que sempre dure, nem bem que nunca acabe»

Técnico axadrezado citou carta de adepta para reforçar a confiança na equipa

• Foto: Lusa

Sem vencer desde a primeira jornada e a atravessar uma série de três derrotas consecutivas, o Boavista recebe este domingo o Aves com a intenção de retomar o caminho das vitórias e, por consequência, de sair dos lugares de fundo da tabela.

Em antevisão a essa partida, Jorge Simão desvalorizou o mau momento que a Pantera atravessa em termos pontuais e voltou a manifestar confiança total na equipa, tendo como base aquilo que têm sido as exibições mais recentes. "Não atravessamos uma fase boa em termos de resultados, mas temos feito coisas muito boas que não têm expressão no desfecho dos jogos", começou por dizer, apontando o encontro frente ao Rio Ave como o maior exemplo da capacidade de superação do grupo perate condições adversas. "Se mais provas fossem precisas, sim, o jogo em Vila do Conde foi importante para reforçar a confiança", referiu.

Neste particular, o técnico axadrezado foi, inclusive, mais longe e citou uma carta que lhe chegou de uma adepta para ilustrar aquilo que pensa sobre o percurso do Boavista. "Recebi uma carta de uma adepta que reforçava o apoio o incondicional ao clube e referia o orgulho que sentia ao ver a equipa jogar. E dizia essa adepta, num ditado bem português: 'Não há mal que sempre dure, nem bem que nunca acabe'. E é mesmo isto. Se insistirmos e persistirmos, vai deixar de nos acontecer tudo aquilo que tem acontecido, da bola que vai à trave e sai e da bola do adversário que vai ao poste, bate nas costas do guarda-redes e entra", asseverou.

Questionado sobre se prefere exibições ou resultados, Jorge Simão garantiu que gosta de ganhar, mas confessou que prefere ver as pistas de outra perspetiva. "Há uma coisa da qual não me desvio: prefiro vencer. Mas tenho de suavizar a convicção com que o dizia antes e digo agora pelo que têm sido as exibições da equipa", manifestou, sublinhando que não há motivo para alarmes, para já. "O adversário do Boavista para amanhã é o próprio Boavista. É uma luta contra nós próprios. Isto porque há sempre a tentação de olhar para os pontos. Calma! Ainda estamos numa fase muito embrionária do campeonato", acrescentou.

Ainda assim, o técnico axadrezado apelou ao apoio dos adeptos neste período mais complicado. "Para nós foi muito importante o apoio recebido em Vila do Conde. Nós vamos virar este momento mau e, com o apoio dos adeptos, certamente o conseguiremos mais depressa", concluiu.

Por Pedro Morais
Deixe o seu comentário
  • Boavista
    -
    Aves
  • (1)
    (X)
    (2)
  • 2
    3.45
    4.1
  • *Odds sujeitas a variação. Consulte o valor actual desta odd em www.nossaaposta.pt
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Boavista

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.