Lito pede solidariedade para o caminho que falta

Antevisão ao jogo com o Tondela

• Foto: Lusa

O técnico Lito Vidigal garante que os cinco pontos de vantagem que o Boavista usufrui para a linha de água não são suficientes para salvaguardar a permanência, pelo que voltou a centrar o seu discurso nas exigências que a reta final vai apresentar aos seus jogadores.

"A atitude tem sido fantástica, mas as coisas estão longe da definição e é preciso inteligência a ler os momentos de jogo e solidariedade porque há um caminho para fazer", defendeu o treinador axadrezado, convicto que um triunfo em Tondela pode representar o desejado suspiro de alívio: "Até haver uma garantia matemática é preciso continuar a somar pontos. Por isso, continuamos a pensar jogo a jogo e em somar os três pontos em disputa esta jornada."

Pressão saudável em que Lito Vidigal espera incutir a responsabilidade necessária para superar o nível da oposição . "Não gosto de falar dos adversários. Sei que será um jogo intenso, com uma grande carga emocional e onde será obrigatório a mesma postura competitiva", concluiu o axadrezado.

Por Pedro Malacó
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Boavista

Sempre em alerta

Lito Vidigal não precisa de outros exemplos para saber que não pode facilitar em Chaves

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.