Lito pede solidariedade para o caminho que falta

Antevisão ao jogo com o Tondela

• Foto: Lusa

O técnico Lito Vidigal garante que os cinco pontos de vantagem que o Boavista usufrui para a linha de água não são suficientes para salvaguardar a permanência, pelo que voltou a centrar o seu discurso nas exigências que a reta final vai apresentar aos seus jogadores.

"A atitude tem sido fantástica, mas as coisas estão longe da definição e é preciso inteligência a ler os momentos de jogo e solidariedade porque há um caminho para fazer", defendeu o treinador axadrezado, convicto que um triunfo em Tondela pode representar o desejado suspiro de alívio: "Até haver uma garantia matemática é preciso continuar a somar pontos. Por isso, continuamos a pensar jogo a jogo e em somar os três pontos em disputa esta jornada."

Pressão saudável em que Lito Vidigal espera incutir a responsabilidade necessária para superar o nível da oposição . "Não gosto de falar dos adversários. Sei que será um jogo intenso, com uma grande carga emocional e onde será obrigatório a mesma postura competitiva", concluiu o axadrezado.

Por Pedro Malacó
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Boavista

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.