Miguel Leal "feliz" com renovação do contrato

Técnico prolongou vínculo até ao final da época 2017/18

• Foto: Amândia Queirós

O treinador do Boavista, Miguel Leal, assumiu estar "feliz" com a renovação do seu contrato até ao final da temporada 2017/18, por ser o "reconhecimento do seu trabalho" desde que, há quatro meses, assumiu funções.

Miguel Leal falava durante a conferência de imprensa de antevisão do jogo Boavista-Sp. Braga, no domingo, para a 21.ª jornada da Liga NOS, e acrescentou que "isso [a renovação contratual] já estava mais ou menos acordado".

"Foi só passar para o papel porque, quando assinei, houve logo esse acordo de cavalheiros. É sinal que o meu trabalho está ser reconhecido, mas isso não quer dizer que eu não tenha objetivos mais concretos para engrandecer este clube. O desafio continua a ser o mesmo: crescer e crescer", afirmou.

Miguel Leal disse ter "ambições sempre máximas" e dividiu com os jogadores o mérito dos resultados entretanto alcançados.

"Posso ter ajudado na dinâmica interna do balneário. Acima de tudo, quero realçar o trabalho dos jogadores. Como lhes digo muitas vezes, eu só lhes aponto o caminho, mas quem tem de o percorrer são eles", argumentou.

Questionado sobre se já está a trabalhar com vista a próxima época, o técnico axadrezado disse que apenas houve troca de opiniões, "nada de concreto".

"A maioria dos jogadores tem contrato com o clube e, portanto, mais ou menos, a base está montada. Por isso, não há muita preocupação nesse sentido", completou, reforçando que, "para já", o objetivo é fazer "30 pontos" e assim garantir a permanência.

Miguel Leal substituiu o boliviano Erwin Sanchez há quatro meses, quando estavam cumpridas sete jornadas e o Boavista tinha oito pontos e era 13.º classificado.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Boavista

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.