Miguel Leal: «Não fomos agressivos»

Treinador do Boavista considera justa a derrota

• Foto: Simão Freitas

No final do jogo, em declarações à Sport TV, Miguel Leal explicou a derrota em Guimarães, por 2-0, ante o Vitória local.

"Atendendo ao que se passou, o Boavista não teve argumentos, não fomos agressivos nem determinados. Facilitámos nos aspetos em que tínhamos de ser fortes, e o Vitória mereceu o tiunfo. Tentámos reagir na 2.ª parte mas sofremos logo mais um e isso determinou que íamos perder. Estamos tristes mas temos é de levantar a cabeça e pensar no próximo jogo."

Sobre a influência das ausências de ausências de Idriss e Fábio Espinho, ambos a cumprir suspensão. "Acaba por ter, a equipa perde agressividade e referências no ataque, isso determina a confiança e a qualidade. Todas as equipas têm contratempos mas a derrota não se explica só por isso, temos de ser conscientes."

Com a permanência assegurada, qual o objetivo do Boavista nas últimas quatro jornadas? "Encarar cada jogo para ganhar. Se alguém não pensar assim é lógico que temos de alterar as coisas. É importante dizermos que isto é trabalho de todos e se estamos nesta situação confortável é porque fizemos coisas boas, não é por estarmos nesta má série que está tudo mal. Temos de trabalhar para sermos mais fortes no próximo jogo."

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Boavista

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.