O ataque da defesa

Talocha e Lucas Tagliapietra em destaque numa pantera que sabe proteger o seu reduto

• Foto: Nuno André Ferreira

Lá diz o velho aforismo que a defesa é o melhor ataque. O Boavista de Miguel Leal está a seguir isso mesmo à letra. Nas 9 partidas em que o técnico esteve à frente da equipa, os axadrezados sofreram apenas 8 golos e só duas vezes sofreram mais que um golo.

É, pois, um Boavista que acertou no processo defensivo que o melhor ataque do campeonato vai defrontar. Um Benfica com um poder ofensivo bem ilustrado nos 34 golos que já conseguiu em 16 jogos do campeonato, por contraste com os 17 marcados pelos axadrezados noutras tantas partidas.

Mas é na defesa que estará o foco. Há dois jogadores que podem responder diretamente a esta pergunta: o central Lucas Tagliapietra e o lateral-esquerdo português João Talocha. Para além de serem os jogadores mais utilizados esta época, ambos com 16 presenças em 17 jogos, tal como o ponta-de-lança maltês Andre Schembri, é muito por eles que se pode ver a coesão defensiva dos panteras. Mas há que ter em conta também os papéis desempenhados nas últimas rondas por outro central, o brasileiro Philipe Sampaio, que saltou para o lugar de Henrique quando este se lesionou. Uma outra lesão (a do lateral-direito Tiago Mesquita) permitiu também a afirmação de Edu Machado.

Por Eugénio Queirós
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Boavista

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.