O dedo de Sánchez soltou a pantera

Boliviano com tiro certeiro nos reforços e já com resultados na produção da equipa

• Foto: José Moreira

Quando aterrou no aeroporto do Porto, no passado dia 5 de dezembro, Erwin Sánchez não usou paliativos: "Sei que é uma missão difícil esta que me espera mas juntos vamos conseguir". O Boavista, com 9 pontos, ocupava a 15ª posição, dois pontos acima da linha de água. Volvidas nove rondas do campeonato, o clube axadrezado soma mais 8 pontos e pisa a mesma linha ao lado da Académica. Não parece ser uma mudança muito positiva mas a verdade é que à passagem da 17ª jornada, após a goleada em casa frente ao FC Porto, a pantera tinha o último (Tondela) a 2 pontos e estava a 6 da Académica. Tudo mudou, como num golpe de magia, nas últimas três jornadas, com vitórias sobre V. Setúbal, em casa, e Tondela, fora, e um empate no Bessa frente ao Sp. Braga.

Estes 7 pontos somados em 9 possíveis tiraram a equipa do coma e perspetivam uma segunda volta com outro andamento. O que mudou? No Bessa, ninguém tem dúvidas: Sánchez equilibrou a equipa, escolheu os reforços certos (com destaque para Rúben Ribeiro, que estava sem clube) e o Boavista passou a fazer um jogo positivo, mais preocupado em fazer golos do que em não sofrer.

"A sorte é fêmea e procura-se", já disse o próprio Erwin Sánchez numa das suas conferências de imprensa durante a fase mais negra do seu percurso no comando dos axadrezados, onde a este salto em frente não é estranha também a remodelação feita na SAD e a entrada de Timofte, outro histórico do clube, para a mesma estrutura. Tudo feito, como sempre, sob a sombra tutelar de João Loureiro, presidente do clube, mas, sem qualquer dúvida, o líder de todo este processo. Mas no Bessa não há ordem para abrandar pois, como ali se diz, "o mais difícil está por conseguir".

Por Eugénio Queirós
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Boavista

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.