Vasco Seabra quer provar o crescimento do Boavista frente ao V. Guimarães

Treinador dos axadrezados faz antevisão ao jogo de segunda-feira

O treinador Vasco Seabra manifestou este domingo vontade de ver os futebolistas do Boavista provarem o crescimento coletivo na receção ao V. Guimarães, na segunda-feira, no jogo de encerramento da quarta jornada da Liga NOS.

"A rivalidade histórica acontece. É um clássico e não fugimos dele. Queremos muito ganhá-lo, mas temos essa responsabilidade de jogar para vencer em qualquer jogo. Esta casa não permite que olhemos para um desafio sem a ambição de sermos superiores na entrega, na raça e no querer", vincou o técnico, em conferência de imprensa.

Os axadrezados ainda procuram o primeiro triunfo no campeonato, na sequência de um defeso assinalado por uma profunda remodelação estrutural, que trouxe 20 reforços, e pede agora uma equipa vez mais confiante defensiva e ofensivamente nos 90 minutos.

"Mostramos trabalho todos os dias e vivemos pressionados. Temos dois pontos em jogos fora e uma derrota em casa contra o campeão nacional. Para nós, pressão é sentimos que estamos numa casa que gosta de vencer. Vamos trabalhar com uma vontade muito grande de melhorar e sentimos que estaremos mais competitivos a cada jogo", frisou.

Avisando que os processos não acontecem num estalar de dedos e podem gerar dores de crescimento, Vasco Seabra lembra que os novos atletas necessitam de compreender o modelo de jogo e o perfil associado à cultura e raça do clube.

"Quando falamos do tempo ou dos jogadores que chegaram, não falamos com receios nem desculpas para nada. Estamos num clube que nos traz sempre uma luta pela vitória muito grande, sabendo que temos de nos bater durante 90 minutos com toda a entrega. Além das nossas ideias, tentamos passar aos jogadores este compromisso", apontou.

Na véspera de um duelo entre emblemas históricos do futebol português, o Boavista acautelou-se para um jogo muito competitivo" e um adversário sempre difícil, como representa o conjunto vimaranense, que vai estrear o técnico João Henriques.

"Esperava um Vitória de Guimarães com o Tiago Mendes. A mudança aconteceu e, naturalmente, o novo treinador vai acrescentar nuances diferentes do antecessor. Contudo, muito mais do que aquilo que tem a ver com o rival, vai ter a ver connosco. Não podemos ter medo de olhar todos os adversários olhos nos olhos", advertiu.

O médio Angel Gomes, principal figura das panteras em 2020/21, acusou queixas musculares e é baixa significativa nas opções de Vasco Seabra, enquanto os avançados Alberth Elis e Yusupha Njie estão na reta final de recuperação das respetivas lesões.

O Boavista, 15.º colocado, com dois pontos, recebe o Vitória de Guimarães, no 11.º posto, com quatro, na segunda-feira, às 20H15, no Estádio do Bessa, no Porto, em duelo da quarta jornada da Liga NOS, com arbitragem de Nuno Almeida, da associação do Algarve.

Por Lusa
  • Boavista
    -
    Vit. Guimarães
  • (1)
    (X)
    (2)
  • 3.5
    3.15
    2.25
  • *Odds sujeitas a variação. Consulte o valor actual desta odd em www.nossaaposta.pt

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Boavista

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.