Record

André Luís intensifica batalha na dianteira

Avançado brasileiro viaja esta madrugada para Portugal e assina hoje pelos flavienses

Joga a ponta-de-lança, mas também pode ocupar um flanco do ataque. André Luís encarna o perfil desejado por Daniel Ramos para o reforço da frente de ataque dos transmontanos, trazendo versatilidade ao jogo ofensivo. Aos 23 anos, o dianteiro brasileiro deixa o Figueirense e estreia-se no futebol europeu.

André Luís já havia sido forte possibilidade para o reforço do plantel no início da pré-temporada, tendo decorrido efetivamente negociações entre o emblema primodivisionário português e o da Série B do Brasil. Entretanto, as conversas entre as partes retomaram e, a um dia do fecho do mercado, o Chaves vai contratar o seu 13º reforço para 2018/19.

Na frente, o brasileiro junta-se agora a William e Platiny na luta por um posto na posição mais avançada do terreno. Sem embargo, André Luís pode jogar numa das faixas do ataque, preferencialmente a esquerda, constituindo dessa forma uma garantia de utilidade a toda a largura do ataque. Aos três pontas-de-lança juntam-se os cinco extremos: Avto, Mika, Perdigão, Niltinho e Ghazaryan, não esquecendo João Teixeira que, podendo ocupar posições mais intermédias, pode perfeitamente ser solução numa das alas do ataque. Um cenário, portanto, de um leque de opções equilibrado para o sector ofensivo.

André Luís viaja esta madrugada para Portugal e assina hoje contrato com os transmontanos, que prosseguem a preparação da receção de amanhã ao Sp. Braga. A grande dúvida da semana é a situação física de Paulinho que, contudo, ainda continuou fora do relvado na sessão de treino de ontem. Hoje há treino à porta fechada, às 10h30. De seguida, às 12h30, Daniel Ramos antevê o duelo.

Por Paulo Silva Reis
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Chaves

Notícias

Notícias Mais Vistas

M