A derradeira vaga europeia e a 'fuga' à despromoção: o que falta decidir na Liga NOS

Todas as contas no adeus ao campeonato 2020/21

• Foto: Hélder Santos

Vitória de Guimarães, Santa Clara e Famalicão lutam pela derradeira vaga de acesso às competições europeias da próxima época, numa 34.ª e última jornada marcada também pela 'fuga' à despromoção da Liga NOS.

Com os cinco primeiros lugares já definidos, os 'holofotes' estão virados para o sexto e último posto, que garante a presença na nova Liga Conferência Europa, sendo que o Vitória de Guimarães parte em vantagem para a derradeira ronda, agendada para quarta-feira, na qual se poderá voltar a sentir o 'calor' dos adeptos, face à autorização para preenchimento de 10% da lotação dos estádios.

A única exceção é precisamente o reduto dos vitorianos, que não poderão ter apoio nas bancadas do Estádio D. Afonso Henriques na receção ao Benfica, tendo em conta o castigo de três jogos à porta fechada que lhes foi imposto na sequência dos insultos racistas a Moussa Marega, do FC Porto.

O Vitória ocupa a sexta posição da Liga, com 43 pontos, e depende de si próprio para garantir a última vaga europeia, bastando-lhe pontuar diante das 'águias' e esperar que o Santa Clara, sétimo, com a mesma pontuação, não faça melhor na receção ao 'aflito' Farense.

Embora vimaranenses e açorianos estejam em melhor posição para o conseguir, o Famalicão, oitavo, com 40 pontos, ainda alimenta esperanças de alcançar o sexto lugar, tendo, para isso, de vencer o Moreirense e ficar à 'espreita' de deslizes daqueles dois adversários, sobre os quais tem vantagem no confronto direto.

A 34.ª jornada ficará marcada pela consagração do Sporting como campeão nacional, poucos dias depois de ter averbado a primeira derrota no campeonato, diante do rival Benfica.

Os leões recebem o Marítimo, em Alvalade, numa partida em que o sportinguista Pedro Gonçalves vai tentar desempatar o duelo com o benfiquista Haris Seferovic pelo 'cetro' de melhor marcador, partindo ambos com 20 golos para a derradeira ronda, embora com vantagem para o suíço, pelo menor tempo de jogo acumulado.

Ainda no topo da classificação, o FC Porto vai receber o Belenenses SAD, enquanto o Sporting de Braga, quarto, visita o Portimonense, e o Paços de Ferreira, quinto, joga em Tondela.

Os algarvios, 14.º colocados, com 34 pontos, são uma das quatro equipas ainda envolvidas na 'fuga' à despromoção, embora tenham vantagem pontual sobre as restantes três formações: Boavista (33), Rio Ave (31) e Farense (31).

Os axadrezados vão jogar ao reduto do 'tranquilo' Gil Vicente, ao passo que os vila-condenses, em posição de playoff de manutenção', visitam precisamente o já despromovido Nacional.

O Farense será, porventura, o que tem tarefa mais complicada, uma vez que joga nos Açores, perante um Santa Clara com ambições europeias.

Os nove jogos da 34.ª e última jornada da I Liga, que se realizam na quarta-feira, estão provisoriamente agendados para as 16 horas (hora em Lisboa), embora ainda sujeitos a alterações nos horários por parte da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP).

Programa da 34.ª jornada (horários por definir):

Moreirense - Famalicão

Tondela - Paços de Ferreira

FC Porto - Belenenses SAD

Vitória de Guimarães - Benfica

Gil Vicente - Boavista

Portimonense - Sporting de Braga

Sporting - Marítimo

Santa Clara - Farense

Nacional - Rio Ave

Por Lusa
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga NOS

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.