Record

Beto bateu no muro Helton

com o brasileiro é sempre a mesma música

Beto bateu no muro Helton
Beto bateu no muro Helton

Alternativa a Rui Patrício na Seleção Nacional, titular na baliza do Sp. Braga, Beto, de 30 anos, vai reencontrar o “muro” onde durante duas épocas bateu, quando foi jogador do FC Porto. Helton não o deixou ir além dos 23 jogos oficiais em duas temporadas, restando ao candidato fazer as malas e rumar à Roménia, onde defendeu a baliza do Cluj antes de se transferir para Braga.

Formado na academia leonina, António Alberto Bastos Pimparel apenas se estreou na 1.ª Liga em agosto de 2007, logo frente ao Benfica, num jogo que terminou empatado a uma bola. Antes de chegar ao Estádio do Mar, em 2006 defendeu a baliza do Sporting B, do Casa Pia, do Chaves e do Marco. Tinha 25 anos quando se tornou primodivisionário.

As três épocas ao serviço do Leixões, duas na 1.ª Liga, foram o trampolim que o fez saltar para o FC Porto, onde chegou em 2009, com o objetivo de lutar com Helton pela titularidade. A primeira oportunidade que teve foi logo num jogo da Champions perante um Chelsea onde alinhava Deco. Os ingleses venceram no Dragão por 1-0, com um golo de Anelka. Jesualdo Ferreira decidiu lançar Beto na baliza, pois Helton tinha-se lesionado frente ao Marítimo, e, embora já tivesse recuperado, o treinador não quis forçar a nota. Beto ainda faria mais um jogo, no campeonato, frente ao Rio Ave, mas Helton recuperaria a seguir o seu estatuto.

Daí para frente, Beto ainda iria render Helton, devido a lesão do brasileiro, no jogo do campeonato com a Académica, para terminar na baliza nos últimos cinco jogos da 1.ª Liga, quando o FC Porto já estava a 11 pontos do Benfica, numa época em que os dragões terminaram na última posição do pódio, atrás de Benfica e Sp. Braga.

Marca na Taça

Apesar de nessa temporada ter sido sempre ele o guarda-redes nos jogos da Taça de Portugal (Oliveirense, Sporting e Rio Ave), acabou por ser Helton a defender a baliza do FC Porto na final desta competição, frente ao Desportivo de Chaves. “O Beto, tal como outros guarda-redes, bateu num muro chamado Helton, e quando assim é fica sempre muito difícil alguém afirmar-se num posto muito específico e onde surgem poucas oportunidades”, é a leitura que António Fidalgo, antigo guarda-redes do Benfica e Sporting mas também do Sp. Braga e do Leixões, clubes que igualmente marcam a carreira do atual guarda-redes dos Guerreiros do Minho.

A verdade é que Beto ainda insistiu mais uma época, agora sob o comando de André Vilas-Boas mas esta começou com Helton de pedra e cal e com Beto apenas a ter uma episódica oportunidade na Liga Europa, frente ao Genk, e foi de novo o guarda-redes na Taça de Portugal e na Taça da Liga, desta vez com Vilas-Boas a confiar em si para defender a baliza do FC Porto na vitória sobre o V. Guimarães na final da Taça de Portugal, após algumas presenças no campeonato só para moralizar.

A contratação que remeteu Baía para o banco

Helton chegou ao FC Porto em 2005/06. Vítor Baía era o dono da baliza e, nessa época, completava 36 anos. Urgia, por isso, encontrar um substituto. As três temporadas que fez no U. Leiria convenceram os responsáveis portistas a contratar Helton, uma transferência anunciada nos primeiros dias de 2005, embora Pinto da Costa tivesse dito nessa altura que o único Helton que conhecia era o Elton John. O presidente portista desconhecia que também Helton da Silva Arruda, que tinha 27 anos quando chegou ao Dragão, iria fazer, embora noutra escala, uma carreira musical paralelamente com o ofício de guarda-redes…Na sua primeira época, Helton registou apenas 11 presenças no campeonato, mas na seguinte relegou em definitivo Vítor Baía para o banco. Foi um render de guarda tácito, com Baía a ter oportunidade para jogar mais uma época e sair pela porta grande. Hoje, com 34 anos, Helton é o senhor da baliza do FC Porto, com um total de 179 jogos na prova maior do calendário futebolístico português. Fabiano é o último candidato à sucessão mas tudo indica que também ele vai ter de esperar sentado pela tal oportunidade.

«É o melhor guarda-redes da Liga»

António Fidalgo, 60 anos, sabe bem o que é o sofrimento de um guarda-redes com potencial quando encontra um gigante pela frente. No Benfica, em cinco épocas, foi “bloqueado” primeiro por José Henriques e depois por Bento. No Sporting, noutras quatro temporadas, a sua besta negra deu pelo nome de Meszaros. “Tive o azar de ser obrigado a discutir esses lugares com grandes guarda-redes e o mesmo aconteceu ao Beto quando chegou ao FC Porto”, disse a Record quem terminou a sua carreira no Salgueiros, onde iniciou a sua carreira de treinador, tendo sido ainda comentador desportivo na RTP e, recentemente, diretor-desportivo do Marítimo.

"O grande problema do Beto no FC Porto foi mesmo o Helton, um guarda-redes muito experiente e que transmite à equipa uma confiança ímpar, sendo tecnicamente perfeito e que nos últimos anos não tem dando chances aos promissores guarda-redes que entretanto o FC Porto vai contratando”, salienta ainda Fidalgo. “Para mim continua a ser o melhor guarda-redes a jogar em Portugal”, acrescenta, convicto de que a idade do brasileiro, 34 anos, até acaba por jogar a seu favor “pois num guarda-redes a experiência é sempre um fator muito importante”.

“O Beto já chegou um tanto tarde a um grande clube e teve esse azar de apanhar o Helton pela frente. Seria sempre muito difícil conquistar-lhe o lugar, embora seja também um excelente guarda-redes, como todos têm visto neste campeonato”, desenvolve ainda Fidalgo.

“O Helton e o Beto são guarda-redes muito diferentes mas igualmente competentes naquilo que fazem mas, lá está, o primeiro continua a mostrar que está na posse de todas as suas qualidades e a revelar-se insubstituível”, são as palavras do antigo guarda-redes de Benfica e Sporting.

“Por isso, não restou outra saída ao Beto se não a de tentar a sua sorte noutro clube e penso que se está a sair bem no Sp. Braga”, conclui a antiga glória das balizas.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Liga NOS

Notícias

Notícias Mais Vistas

M