Carlos Carvalhal: «Nesta altura da vida não quero andar para trás»

Treinador, que desde que deixou o Swansea City está sem clube, espera por projeto forte

Sem clube desde que deixou o Swansea City na temporada passada, Carlos Carvalhal quer continuar a apostar forte no estrangeiro, mas sublinha que não quer qualquer clube.

"Queríamos voltar a Inglaterra, mas também teremos de abrir o leque a outras oportunidades. Porque apareceram-nos algumas situações que não estavam dentro daquilo que preconizamos. Não queremos um clube qualquer. Queremos um projeto com nível, porque nesta altura da minha vida não quero andar para trás. Vamos esperar", afirmou esta terça-feira no Fórum de Treinadores da ANTF, em Portimão.

Carlos Carvalhal não fecha a porta a Portugal, mas refere que não faz parte dos seus planos a curto prazo. 

"Regresso a Portugal é possível, mas não está nos nossos planos a curto prazo. A médio, sim. É o meu país. Mas, sinceramente, nesta altura vamos continuar a apostar forte no estrangeiro", sublinhou.

Taça de Portugal.

Carlos Carvalhal mostra-se atento ao que se passa nas competições nacionais e antevê muita luta entre os quatro candidatos a marcar presença no Jamor. 

"O FC Porto é claramente favorito para chegar à final depois dos 3-0 no Dragão. Mas o futebol é imprevisível e tudo pode acontecer. As possibilidades do Sp. Braga são de 5 por cento. Mas existem. Não são zero. O Sp. Braga nunca dará a eliminatória como perdida, mas é muito difícil", anteviu para o jogo desta terça-feira (20h15).

Já sobre o Sporting-Benfica de quarta-feira (20h45), Carlos Carvalhal fala de uma eliminatória completamente em aberto.

"Há uma vantagem muito ténue do Benfica. A eliminatória está completamente em aberto e o Sporting vai jogar a época amanhã, sem dúvida alguma. No campeonato não poderá aspirar a mais do que o 3 lugar. E na Taça ainda pode ganhar o troféu. As duas equipas vão jogar para ganhar, até porque o Benfica só sabe jogar dessa forma. E o Sporting terá de arriscar um pouco. Prevejo que o Sporting jogue com 3 centrais mais uma vez, até por respeitar o Benfica. Isso não quer dizer que seja menos ofensivo, mas vai tentar criar mais obstáculos com essa forma de jogar. As duas equipas estarão preparadas para o jogo e é um jogo de difícil vaticínio. Será, certamente, um grande jogo", afirmou.



 

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Liga NOS

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.