Celso e o golo em Alvalade: «Ajoelhei-me para que o Pinto da Costa me perdoasse a multa»

Antigo defesa lembrou tento frente ao Sporting no regresso da suspensão na Luz

Na primeira temporada do FC Porto, Celso passou uma fase difícil, após ser expulso na Luz, frente ao Benfica, num jogo em que os dragões até estavam a vencer. Numa confusão com Carlos Manuel, o defesa foi penalizado com o cartão vermelho, viu o Benfica conquistar um penálti e, depois, dar a volta ao jogo.

Mas o pior estava para chegar, visto que o brasileiro foi punido com quatro jogos de suspensão. Um jogo que Celso, agora, recorda com alguns sorrisos à mistura. "Nesse dia, na Luz, saí do estádio, apanhei um táxi e fui para o hotel. Fui antes de acabar. O Rui Jorge teve até problemas pela minha irresponsabilidade. O Carlos Manuel já estava a provocar durante o jogo. Nesse lance, o Mlynarczyk lançou a bola, a bola já ia no ataque, só que pensei que o árbitro estava de costas. Mas o bandeirinha sinalizou e ele veio, marcou penálti e perdemos esse jogo. Fiquei muito pertubardo e vim até para o Brasil. Estive cá dez dias", lembrou o defesa, que regressou depois em Alvalade, num jogo em que marcou e foi... herói.

"Voltei contra o Sporting e fiz o golo. Foi no estádio do Sporting. Festejei, ajoelhei-me perto do míster porque nessa volta tinha havido esse incidente comigo no estádio do Benfica, em que fui expulso com o Carlos Manuel. Apanhei quatro jogos e voltei nesse jogo. Fiz o golo e pedi ao Pinto da Costa que perdoasse a minha multa. Fiz o golo e ajoelhei-me", apontou.

Por Pedro Morais
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga NOS

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.