Conselho de Arbitragem faz avaliação positiva após 10 jornadas

Embora reconheça que "existe espaço para melhorar"

O Conselho de Arbitragem (CA) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), pela voz da vogal Ana Raquel Brochado, faz esta terça-feira um balanço positivo das atuações dos árbitros e da conduta dos agentes desportivos, sublinhando haver margem para melhorar.

No dia em que o diretor-geral do FC Porto, Luís Gonçalves, em entrevista ao Jornal de Notícias, se queixou de oito penáltis por assinalar a favor dos 'dragões' nas primeiras nove jornadas da I Liga, Ana Raquel Brochado disse à Lusa que, "de uma forma geral, o CA está satisfeito com o nível global das atuações das equipas de arbitragem e com o comportamento dos agentes desportivos, embora, de acordo com o acompanhamento atento que faz dos jogos e do dia-a-dia do futebol português, reconheça que existe espaço para melhorar".

"A construção de um clima positivo em redor das equipas de arbitragem - antes, durante e depois dos jogos - é um fator crítico de sucesso para a arbitragem e para o futebol português", acrescentou a porta-voz do CA.

Uniformização de critérios

Ana Raquel Brochado afirmou que "uma das preocupações fundamentais do CA é a uniformização de critérios, de forma a garantir que em lances semelhantes as decisões dos árbitros são uniformes", algo para o órgão de arbitragem olha "como um desafio permanente".

"Durante este período inicial da época foi realizada uma ação conjunta com todos os árbitros e foram enviadas a todos os elementos das equipas de arbitragem quatro documentos de reflexão e aprendizagem sobre aspetos específicos da aplicação das leis do jogo", afirmou.

Por Lusa
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Liga NOS

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.