João Henriques: «A eficácia foi decisiva»

Treinador do Santa Clara após a derrota na receção ao Rio Ave

• Foto: Lusa/EPA

O Santa Clara foi derrotado na receção ao Rio Ave por uma bola a zero e após o apito final o técnico da equipa açoriana defendeu que a eficácia fez a diferença no encontro da 16.ª jornada da Liga NOS. 

"A eficácia foi decisiva. O Marco fez uma defesa e foi buscar uma bola dentro da baliza. Do outro lado, tivemos um guarda-redes que fez várias defesas. A posse de bola não diz nada dos jogos, não ganha jogos. O Rio Ave teve mais posse, entrou os primeiros 20 minutos muito forte, muito superior a nós. Não entrámos como gostaríamos. Daí para a frente fomos equilibrando, com mais posse de bola para o Rio Ave, mas isso são situações naturais", explicou João Henriques, em conferência de imprensa. 

"Não foi o resultado que queríamos, mas com as nossas armas fomos procurando que a nossa baliza se mantivesse a zeros. Na 1.ª parte, 20 minutos assoladores, conseguimos. Na 2.ª parte, temos o golo aos cinco minutos e depois, pouco a pouco, fomos melhorando até acabarmos o jogo por cima do Rio Ave", disse o técnico, assumindo que os vila-condenses tiveram "menos oportunidades" do que a sua equipa.

João Henriques admitiu ainda que o Santa Clara parece mais confortável a jogar fora de portas do que em Ponta Delgada. 

"A equipa fora não é por acaso que perde só dois jogos. É uma equipa mais agressiva. É uma equipa que em casa sente a responsabilidade que tem de fazer mais e melhor. Está a sentir isso. E há momentos em que a equipa está à procura desta estabilidade e do equilíbrio mental para fazer aquilo que sabe e pode e depois tem momentos que não consegue", concluiu.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga NOS

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.