Leão não cede e segue firme

Desta vez, em Alvalade, não houve escorregadela nem sofrimento

• Foto: Paulo Calado

Depois de ter sentido muitos problemas nos últimos quatro jogos em casa para a Liga (empates com Tondela e Rio Ave e vitórias apertadas face a Sp. Braga e Académica após ter estado em desvantagem), o Sporting reagiu bem à pressão provocada pelos sucessos de Benfica e FC Porto nos dias anteriores e ganhou, por 2-0, ao Boavista. Os axadrezados, é justo dizer, ainda incomodaram Rui Patrício, mas a vitória estava assegurada praticamente desde os últimos minutos da 1ª parte, quando Ewerton e Bryan Ruiz lograram bater Mika.

Assim sendo, passou mais uma ronda e os leões seguem na dianteira, com 3 pontos à maior face ao Benfica e 6 de avanço perante o FC Porto. Os rivais, recorde-se, tiveram um fim de semana atribulado. Águias e dragões, aliás, precisaram de grandes penalidades mal assinaladas para desbloquear as partidas contra Paços de Ferreira e Moreirense, respetivamente. E se o Benfica ainda estava empatado (1-1) quando o ‘mergulho’ de Jonas foi premiado, o FC Porto perdia, em casa, por 2-0, quando Maxi Pereira iludiu o árbitro.

Para a história, contudo, ficam as vitórias, razão pela qual o Sporting não pode descansar, mais ainda quando se avizinha uma deslocação a Guimarães logo após o regresso da Alemanha, onde será complicado manter um lugar na Liga Europa.

De resto, Arouca e Rio Ave conseguiram êxitos importantes na luta pelos postos europeus, enquanto o Tondela parece ter-se afundado de vez.

Por Luís Avelãs
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga NOS

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.