Liga portuguesa 'assaltaria' a Bota de Ouro europeia não fosse o seu coeficiente

Jonas estaria à frente na tabela e Bas Dost em terceiro; mas a realidade é cruel

Jonas e Bas Dost estão a rubricar um campeonato sensacional. Com 21 e 19 golos, respetivamente, os avançados de Benfica e Sporting estão lançados para uma disputa sem tréguas pela distinção de melhor marcador da Liga NOS. E, não fosse a queda do coeficiente do campeonato português, estaríamos perante uma dupla de clubes nacionais nos lugares cimeiros da Bota de Ouro europeia, prémio que distingue o melhor marcador dos campeonatos do Velho Continente.

Com a saída de Portugal dos cinco primeiros (é agora sétimo) do ranking da UEFA, o seu coeficiente também baixou. Futebolistas que atuam em Espanha, Inglaterra, Itália, Alemanha e França veem os seus golos serem multiplicados por dois, aumentando as suas probabilidades de conquista do galardão; Já os futebolistas de clubes oriundos de países situados entre a 6.ª e a 21.ª posição têm os seus tentos multiplicados por 1,5. É o caso de Portugal.

Se a Liga NOS estivesse no primeiro lote, Jonas estaria neste momento na liderança do galardão, com os seus 21 golos a equivalerem a 42 pontos, à frente de Immobile (20 golos/40 pontos) e Harry Kane (20/40). Bas Dost, por seu turno, estaria em terceiro com 38 pontos, empatado com Cavani. A realidade, contudo, é mais cruel. O avançado do Benfica, pese ser o futebolista com mais golos no top'10, ocupa apenas o 7.º lugar com 31,5 pontos; já o ponta de lança do Sporting é 10.º com 28,5 pontos.

Este cenário passou a figurar na entrada para a presente temporada, quando Portugal caiu do 5.º para o 7.º posto do ranking da UEFA. Até então, as probabilidades eram muito maiores e jogadores do nosso campeonato estiveram, inclusivamente, perto de ficar com o galardão. Falamos de... Bas Dost na época passada e de Jonas na anterior.

A corrida à Bota de Ouro europeia:

1.º Immobile (Lazio) - 40 pontos/20 golos
1.º Harry Kane (Tottenham) - 40 pontos/20 golos
3.º Cavani (Paris SG) - 38 pontos/19 golos
4.º Icardi (Inter) - 36 pontos/18 golos
4.º Salah (Liverpool) - 36 pontos/18 golos
6.º Messi (Barcelona) - 34 pontos/17 golos
7.º Jonas (Benfica) - 31,5 pontos/21 golos
8.º Lewandowski (Bayern) - 30 pontos/15 golos
8.º Falcão (Monaco) - 30 pontos/15 golos
10.º Bas Dost (Sporting) - 28,5 pontos/19 golos
10.º Igor Angulo (Gornyk Zabrze) - 28,5 pontos/19 golos

Por João Socorro Viegas
10
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga NOS

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.