Mais processos disciplinares ao Benfica por queixas do Sporting

Artur Soares Dias e delegados também alvos de participação dos leões

• Foto: Bruno Colaço

O Conselho de Disciplina (CD) teve uma quinta-feira preenchida e mandou instaurar um total de seis processos disciplinares. Dois deles, sabe Record, resultam de participações do Sporting contra elementos do Benfica.

O processo n.º 64 tem como alvos Rui Vitória, Rui Costa, Paulo Gonçalves e a SAD encarnada pelos acontecimentos no túnel ao intervalo do dérbi de Alvalade com o Sporting. A novidade aqui é que também o árbitro Artur Soares Dias e os delegados da Liga, Rui Manhoso e Manuel Castelo, têm processo disciplinar, por, no entender do Sporting, não terem relatado a alegada coação de responsáveis do Benfica ao juiz da partida.

O outro processo disciplinar que atravessa a Segunda Circular é a Luís Filipe Vieira e também por queixa do Sporting. Neste caso, estão em causa as declarações do presidente do Benfica após o dérbi, em que recordou Vale e Azevedo ao falar de Bruno de Carvalho.

Ambos os processos são instaurados automaticamente, já que resultam de participações de um clube. Agora, será a Comissão de Instrutores da Liga a conduzir a investigação. 

Um dos outros processos abertos é a Francisco J. Marques, diretor de comunicação do FC Porto, e à sociedade portista. Neste caso, resulta de ação direta do CD e tem como motivo as declarações do responsável dos dragões, que apontou o órgão de disciplina como ponta-de-lança do Benfica.

Por Sérgio Krithinas
77
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga NOS

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.