Pedro Emanuel prevê clássico com poucos golos

Treinador assinala "dinâmicas distintas"

• Foto: Filipe Farinha

Pedro Emanuel defende que o equilíbrio vai voltar a prevalecer no terceiro jogo da época entre FC Porto e Sporting, que se reencontram nas meias-finais da Taça de Portugal, após empates 0-0 no campeonato e na Taça da Liga.

Em declarações à Lusa, o ex-treinador do Estoril Praia, que vestiu a camisola portista ao longo de sete temporadas, realça a "enorme tradição na prova" de ambos os clubes e assegura que o facto de ser uma eliminatória a duas mãos vai pesar na partida de quarta-feira no Estádio do Dragão, no Porto.

"Vão encontrar-se os dois principais candidatos e é um momento importante da época. Estar nas meias-finais é ambicionar chegar à final. Acredito que será um embate equilibrado, agora a duas mãos, e que esta primeira mão não vai decidir nada. São duas equipas taticamente muito evoluídas, com muito bons executantes que podem desequilibrar", afirma.

Sem deixar de vincar as "dinâmicas distintas" das formações orientadas por Sérgio Conceição e Jorge Jesus, o técnico entende que a decisão destes 180 minutos vai "pender para quem tiver a capacidade para ser mais eficaz nos momentos em que puder concretizar", independentemente da superioridade que possa ser criada sobre o oponente.

Confrontado com as anunciadas ausências de Gelson Martins e Bas Dost no Sporting, aliadas ao fator casa do FC Porto e à derrota 'leonina' no último jogo (2-0 com o Estoril Praia), Pedro Emanuel admite que possa haver um ligeiro favoritismo para o conjunto azul e branco.

"Ambas as equipas perderam jogadores nucleares? É normal que haja um desgaste maior. Não acredito que este primeiro jogo vá decidir muita coisa. Agora, poderá dar um pouco de ascendente a quem joga em casa, neste caso o Porto, para tentar conquistar um resultado que lhe permita um pouco mais de tranquilidade para a segunda mão", afirmou.

O antigo defesa central esteve na última meia-final da Taça de Portugal que FC Porto e Sporting disputaram, corria então a temporada 2005/06. Após um empate a um golo, a decisão surgiu nas grandes penalidades, nas quais os portistas foram mais fortes, vencendo posteriormente a competição.

"Não tenho grande prognóstico, mas acredito que não será um jogo muito espetacular. Não acredito que vá haver muitos golos. E, se isso acontecer, com uma vantagem natural do Porto por jogar em casa, mas sem grande diferença. Provavelmente 1-0, 1-1 ou 2-1. Sem muitos golos", conclui.

Esta época, nos 'clássicos' que opuseram Sporting e FC Porto saldaram-se por dois 'nulos', o primeiro dos quais na oitava jornada da I Liga, em Lisboa, e o segundo numa das meias-finais da Taça da Liga, em Braga, que seria decidida a favor dos 'leões' no desempate por penáltis (4-3).

A primeira mão da meia-final da Taça de Portugal entre FC Porto e Sporting está marcada para quarta-feira, às 20:15, no Estádio do Dragão. A segunda mão está prevista para 18 de abril.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga NOS

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.