Pedro Proença: «Acredito que a concentração dos direitos televisivos acontecerá»

Presidente da Liga falou no final da cerimónia de tomada de posse de Luís Filipe Vieira para o quinto mandato no Benfica

• Foto: Amândia Queirós

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol profissional defendeu esta quinta-feira, na cerimónia de tomada de posse de Luís Filipe Vieira como presidente do Benfica, acabarão por entender na questão da concentração dos direitos televisivos.

O nosso caminho está a ser trilhado, vão aparecer novidades no futuro próximo, os clubes estão unidos. Acredito que no meu mandato a concentração dos direitos televisivos acontecerá. Esse é um modelo de negócio no qual estamos unidos", garantiu Pedro Proença, recusando-se a comentar a questão dos 'vouchers', denunciada pelo Sporting.

"Não comento. Está entregue às entidades competentes. Já foi dito tudo sobre isso. Não comento, já fiz os comentários que tinha a fazer, as entidades responsáveis é que têm de pronunciar-se", reforçou o líder Liga, encarando como natural a reeleição de Luís Filipe Vieira para um quinto mandato à frente dos encarnados.

"Foi a vontade dos sócios do Benfica. A Liga tem na sua direcção não só o benfica, mas um conjunto de clubes que são a marca de água do futebol português. Estou satisfeito com isso, com o caminho que queremos trilhar", assegurou Proença, recordando um pouco do que já feito e do muito que ainda há para fazer.
 
"Gostaria de relembrar que nos últimos anos, o passivo chegou aos 5 milhões de euros. Tem sido feito um trabalho concertado que terminou com lucros de 2.8 milhões. Não podemos dar mais passos atrás. Todos quererão ganhar no final do campeonato, mas isso não é discutido no seio da Liga", recordou o antigo árbitro internacional.

Por Valter Marques e João Lopes
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga NOS

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.