Podence: «Jogar à porta fechada é pior do que treinar»

Jogador do Wolverhampton viveu essa experiência na Grécia

Daniel Podence reconheceu que jogar à porta fechada "é quase um jogo-treino". O avançado, reforço do Wolverhampton, lembrou o desafio com o Olympiacos, seu antigo clube, na Liga Europa e saiu desolado. "É pior do que treinar. Ouves o teu guarda-redes, a 70 metros, a gritar... é muito mau", garantiu, numa conversa com Ângelo Girão, inconformado com o fim da época. "Ficou um amargo de boca, foram oito meses por água abaixo. Quando recomeçar, vai ser um problema", lembrou o campeão do Mundo de hóquei em patins.

O avançado ex-Sporting garantiu que em Inglaterra está "a cumprir um sonho". "Quero agarrar o meu lugar e chegar à Champions com esta equipa", prometeu, enquanto o guardião deixou um aviso aos leões. "Não acredito que o investimento baixe tão drasticamente que não possamos lutar por títulos..."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga NOS

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.