Tochas, cabo partido e cadeiras queimadas

Duas interrupções no início de cada parte, bombeiros na bancada e seis adeptos detidos

O dérbi teve de tudo... menos golos. A noite começou e acabou com detenções: foram seis no total, quatro por posse de artefacto pirotécnico e duas por agressões a polícias, quase no final do jogo, conforme balanço oficial da PSP. Os agentes tiveram de usar bastões para colocar ponto final em confrontos de ‘casuals’. Além dos seis detidos, que vão ser presentes a tribunal amanhã, mais quatro adeptos foram identificados e removidos das bancadas. Durante o dérbi, os incidentes precipitaram-se. Primeiro, devido a uma chuva de tochas que obrigou Rui Patrício a refugiar-se fora da área, logo no apito inicial. No regresso do intervalo, mais uma paragem inesperada. Motivo: um cabo que devia segurar a ‘aranha’ que captava as imagens panorâmicas soltou-se e provocava óbvios riscos de segurança. O encontro foi suspenso e só foi retomado quase quatro minutos mais tarde, com o perigo controlado. A terminar, os adeptos do Benfica arrancaram e incendiaram cadeiras. Os bombeiros foram chamados a apagar o fogo e o reforço policial travou algo de maiores proporções. A fatura será enviada nos próximos dias para a Luz...

Por Valter Marques e Vítor Almeida Gonçalves
14
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga NOS

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.