Vítor Murta: «Toda gente viu que há uma falta na jogada que dá origem ao golo»

Presidente do Boavista criticou decisão da arbitragem após derrota com o Famalicão

• Foto: José Gageiro/Movephoto

O Boavista saiu derrotado por 1-0 na receção ao Famalicão e após o apito final o presidente dos axadrezados dirigiu críticas à equipa de arbitragem e ao vídeoárbitro (VAR), referindo-se especialmente à jogada que originou o golo dos visitantes.

"Manifestei ao árbitro o meu descontentamento pela forma como foi dirigida a partida. Exigimos respeito por nós. Há uma falta sobre o Paulinho e na sequência dessa jogada há o golo do Famalicão. Não estamos a dizer que o árbitro errou de forma propositada. O que dizemos é que o VAR tem criado descontentamento generalizado nos clubes. Segundo o protocolo do VAR, tendo em conta que a bola bateu na cabeça do Neris, entende-se que o VAR não poderá analisar essa situação, mas onde é que está verdade desportiva?", questionou Vítor Murta na sala de imprensa do Estádio do Bessa.

"Toda gente viu que há uma falta na jogada que dá origem ao golo. Não se procura a verdade desportiva? Temos que estar tão agarrados ao VAR e ao protocolo do VAR como tem acontecido nos últimos tempos? Estamos a estragar o futebol e se nada for feito vamos começar a ter o VAR dos ricos e o VAR dos pobres. Há também uma mão na área do Famalicão e seria penálti. Onde é que está o VAR?", acrescentou. 

O líder das panteras disse ainda ainda que "tem de se mudar alguma coisa" e revelou que os atletas do Boavisata estavam destroçados. 

"Neste momento, alguns jogadores estão no balneário a chorar porque hoje foi cometida uma injustiça. O Boavista não merecia perder e perdeu por um claro erro de arbitragem que toda a gente viu. O Famalicão tem uma excelente equipa e é muito dirigido, mas hoje não merecia ganhar. O empate já era injusto", concluiu Vítor Murta.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga NOS

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.