Defendi grato ao Famalicão: «Tenho uma paixão muito intensa por este clube»

Guarda-redes e capitão dos minhotos feliz por fazer parte do projeto

• Foto: Peter Spark / Movephoto

Defendi está apenas há dois anos no Famalicão, mas esse período de tempo foi suficiente para que pudesse desenvolver um sentimento de grande paixão pelo clube. Não só por tudo o que alcançou já com a camisola famalicense, com a subida à 1.ª Liga à cabeça, mas também por toda a gente que está envolvida neste projeto.

"Eu tenho um sentimento de muito carinho e de paixão. É um clube que tenho no meu coração há pouco tempo, mas é um clube que vivo com muita intensidade. No primeiro ano, na subida, criei uma paixão muito intensa. Estou feliz de estar aqui", adiantou o guardião, que escolheu precisamente a subida como o momento mais marcante da passagem pelo Minho.

"Eu tenho vivido, dia após dia, bons momentos. Mas acho que, o ano passado, a subida foi muito importante para a cidade. Recebemos muito carinho, tivemos apoio o ano todo, mas acho que aquela etapa da subida e aqueles jogos importantes do ano passado foram fundamentais. Conseguimos grandes vitórias e alcançámos o objetivo nessa subida", referiu.

No fundo, esse foi um primeiro momento de sucesso num projeto que, na ótica do guardião, tem ainda muitas pernas para andar. "É um projeto que já conhecia. Tinha ideia do que seria e é um projeto muito bom a longo prazo. Já conseguimos o primeiro objetivo, a subida, uma subida que nem o clube, nem a cidade esperavam no primeiro ano. Sabia que era um projeto bom, com a subida ficou melhor ainda. É um clube com uma grande perspectiva em termos de ambição e fico muito feliz de ter feito parte e de aindar fazer parte disso", frisou.

Sobre o futuro, Defendi garantiu que ainda não pensa em pousar as botas. "É difícil falar. Estou com 36 anos, quero dar o maior tempo possível na minha carreira porque é que o que gosto de fazer. Graças a deus tenho saúde para isso, nunca tive lesões muito graves. Vou usufruir e aproveitar o máximo que puder. Quem sabe passar os 40’s, é um objetivo que tenho", assegurou, deixando para o fim a certeza de que, quando terminar a carreira, quer continuar ligado ao futebol.

Por Pedro Morais
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Famalicão

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.