Jorge Silva e a promoção da equipa feminina do Famalicão: «Fez-se justiça»

Presidente satisfeito com a decisão da FPF

A equipa feminina do Famalicão foi promovida à principal liga de futebol feminino em Portugal, depois de ter vencido a respetiva série na primeira fase.

O emblema minhoto encontrava-se na segunda divisão e tinha fechado a primeira etapa da época com um saldo irreprensível de 16 jogos, 16 vitórias, 222 golos marcados e apenas três sofridos.

Por essa razão, a decisão da FPF em promover o clube à principal prova é vista pelos responsáveis famalicenses como um prémio de justiça.

"Fez-se justiça e outra coisa não seria de esperar, depois de todo o percurso que fizemos na temporada. Desde o início que traçámos a subida de divisão como objetivo e nem a interrupção dos campeonatos nos retirou essa expectativa. Fizemo-lo notar junto da Federação Portuguesa de Futebol e esta decisão hoje anunciada é um reconhecimento a todo o esforço que fizemos na promoção do futebol feminino no clube", referiu Jorge Silva, presidente do Famalicão, em declarações aos meios oficiais do clube.

Já João Marques, treinador, salienta que esta decisão é o reconhecer de que o Famalicão foi melhor. "O mais importante neste projeto foi a forma como o clube olhou para o futebol feminino, com uma confiança de toda a estrutura e na figura do presidente, que sempre nos deram condições para realizar este trabalho. A decisão administrativa acabou por reconhecer, não da forma como queríamos, o trabalho que fizemos, mas dentro de campo, em todos os jogos, demonstrámos ser a melhor equipa do escalão e temos a firme convicção de que este seria o desfecho se o campeonato fosse levado até ao fim", sublinhou.

Em virtude desta decisão da FPF, a 1.ª Liga de futebol feminino passará a ter 20 equipas.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Famalicão

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0