«Talvez o Toni Martínez não tivesse perdido 8 kg nem o Pote evoluído como se viu»

Miguel Ribeiro acredita que Ugarte será vendido por 5 ou 6 vezes mais do que o investimento

Miguel Ribeiro vincou na tarde desta quarta-feira, no âmbito da sua participação numa formação organizada pela Escola de Futebol Aprende & Joga com Talento, iniciativa que tem o apoio de Record, a importância do investimento feito pela SAD na estrutura famalicense como alavanca do crescimento do projeto desportivo minhoto. Uma declaração que teve a curiosidade de se debruçar sobre dois jogadores que entretanto deram o salto para o FC Porto e para o Sporting.

"Se não tivéssemos investido nesse tipo de valências, se calhar não se tinham tirado 8 kg ao Toni Martínez nem o Pote evoluía da forma que se viu", disse o líder famalicense. Sobre o investimento feito pelo seu clube no plantel para a atual temporada, Miguel Ribeiro evidenciou a confiança no trajeto de Ugarte. "Fizemos um investimento muito grande no Ugarte em janeiro [n.d.r.: a rondar os 3 milhões de euros], que agora está na seleção do Uruguai. Mas não tenham dúvidas de que o vamos vender por 5 ou 6 vezes mais. Poderíamos ter guardado a receita conseguida através das vendas do Toni Martínez e do Pote, mas quisemos meter o pé no acelerador", afirmou.

Por fim, o dirigente catalogou a futura centralização dos direitos televisivos como "muito importante". "Sou 100 por cento a favor da centralização. A Liga poderá trabalhar o produto de outra forma, vendê-lo melhor. Neste momento não estou preocupado como os valores serão distribuídos, mas espero que seja de forma equilibrada e não igualitária. Será a chave para que o futebol português possa crescer", declarou.

Por Ricardo Chambel
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Famalicão

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.