Eduardo Barão pede a demissão

Desempenhava o cargo de diretor desportivo

• Foto: Raquel Costa

O diretor desportivo do Farense, Eduardo Barão, apresentou a demissão do cargo e não irá continuar em funções, apurou o nosso jornal.

A decisão prende-se com o desgaste acumulado ao longo de uma época intensa e, sobretudo, com os dois pontos perdidos na secretaria devido à utilização irregular do jogador Harramiz diante do Benfica B, no Seixal. O avançado estava em Faro emprestado pelos encarnados e, à luz dos regulamentos, não poderia ser opção para aquela partida.

"Assumo o erro que foi cometido, o qual lamento, e que teve consequências até do ponto de vista familiar, com um enxovalho público que afetou a minha filha, uma criança. Saio em consequência disso e também para permitir que o presidente (António Barão, pai de Eduardo Barão) continue a desenvolver, com a tranquilidade possível, o seu meritório trabalho à frente do Farense", referiu o diretor desportivo demissionário.

O Farense aguarda, entretanto, desenvolvimentos da operação "Jogo Duplo", levada a cabo pelo Ministério Público, e os seus dirigentes acreditam, face aos dados já conhecidos, que alguns clubes serão penalizados com a descida de divisão, abrindo assim caminho à permanência dos algarvios na 2.ª Liga.

Por Armando Alves
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Farense

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.