André Silva: «Só no final do jogo saberemos quem é o melhor»

Avançado dos dragões pôs de parte qualquer favoritismo

• Foto: EPA

André Silva, jogador do FC Porto, falou em conferência de imprensa antes do grande embate frente à Juventus, a realizar-se na próxima quarta-feira, referente à primeira mão dos 'oitavos' da Champions. O avançado começou por fazer referência às duas lendas que defenderão as redes de cada lado. 

"É verdade que amanhã vamos ter um jogo e vou ter pela frente uma lenda que é o Buffon, mas do meu lado também tenho a felicidade de trabalhar com uma lenda que é o Iker Casillas. A verdade é que já marquei golos ao Casillas no treino e fico muito feliz com isso. Se amanhã acontecer o mesmo com outra grande lenda, que é o Buffon, claro que saio do jogo muito feliz, mas o importante é a vitória e se não for eu a marcar que seja a equipa", afirmou.

O camisola 10 não deixou de realçar a qualidade defensiva e ofensiva dos adversários, mas pôs de parte qualquer favoritismo: "Nós já estudámos um bocado a equipa da Juventus e ainda vamos estudar. Mas a equipa em si, em geral, é muito boa, tanto a defesa como o ataque são bons. A defesa é solida e sofre poucos golos, e se falarmos em relação ao ataque temos jogadores que todos nós conhecemos e que merecem grande destaque. Mas a verdade é que amanhã vão ser 11 contra 11 e penso que não há favoritismo. Só no final do jogo é que saberemos quem é o melhor".

Quando questionado sobre a sua capacidade de trabalhar em qualquer sistema, o jogador de 21 anos não mostrou receio e transmitiu preparação: "Penso que os grandes jogadores veem-se nos momentos em que sabem mudar as decisões, sabem fazer melhor quando as coisas mudam, e jogar com três centrais é uma maneira de trabalhar melhor. Temos de nos focar nessa defesa e esperar que as coisas corram bem. A verdade é que não sei se vão trabalhar assim, mas temos trabalhado de maneira a que eles trabalhem com dois ou três centrais e esperemos que as coisas corram bem amanhã".

A Juventus lidera o campeonato italiano e apresenta-se em excelente forma mas isso não parece intimidar o avançado portista, que se mostrou um privilegiado em jogar esta partida, sempre com um pensamento otimista e vencedor.  

"Qualquer jogador gostaria de estar na minha posição ou em qualquer uma dos meus colegas e olhamos para a Juventus como uma grande equipa. Mas entramos em todos os jogos da mesma maneira, para ganhar, e esperamos que amanhã seja isso que aconteça. Vamos entrar desde o primeiro minuto com a máxima força e acabar os 90 minutos com a força que nos resta. Se eu não pensar que vou ser campeão, quem é que vai achar por mim? E quem é que vai fazer por mim? Temos de pensar que vamos sair vitoriosos, que nós é que estamos em forma, que nós é que vamos estar por cima no jogo, e se a Junventus pensa dessa maneira, nós temos de pensar mais do que eles. Só assim poderemos sair com a vitória".

A questão Soares não deixou de surgir e André Silva fez questão de realçar que o importante é a vitória, atingindo os objetivos do clube.

"O Soares é mais um jogador que veio para ajudar nos objetivos da equipa. A minha maneira de jogar mantém-se, que é conseguir a vitória. Tanto a equipa como o staff estão a ajudar o Soares e ele está a ajudar a equipa. Esperemos que, com ele, consigamos a vitória", concluiu o avançado dos dragões.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.