Árbitro não deixou Sérgio Conceição assistir aos penáltis e o jogo.... acabou logo ali

Treinador do FC Porto explicou o que se passou frente ao Chivas

O FC Porto empatou esta madrugada com o Chivas (2-2), em jogo de preparação disputado no México para a Super Copa Tecate. Ora, o jogo deveria ter prosseguido para a marcação dos penáltis... que acabaram por não acontecer, com alguma polémica à mistura.

"O que aconteceu no final do jogo? Não sei, Fui ter com o Matías [Almeyda, treinador do Chivas], com quem joguei durante muito tempo em Itália, jogámos em três clubes e ficámos amigos há 20 anos. E estava a dizer-lhe com o árbitro perto, que o lance do 1.º golo do Chivas não pode acontecer, que é ridículo. Ele pensou que eu estivesse a dizer que era ridículo o árbitro. Disse para eu sair, que já nem sequer podia assistir aos penáltis. E o Matías, como meu amigo e sabendo que se trata de um jogo de preparação, disse que então não batia os penáltis, que não havia penáltis, se não me deixasse assistir. Viemos embora. Foi tão simples como isso. Não houve nada especial. Aliás, o Almeyda e eu estávamos junto do árbitro, foi uma conversa tranquila, normal, e depois ele contou-me com todo o carinho o que se costuma passar aqui e que é mais ou menos coisas deste género. Mas penso que isso é secundário. O principal foi o que se fez dentro das quatro linhas", afirmou Sérgio Conceição ao Porto Canal no final do encontro.

Por Vítor Pinto
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0