As ações a melhorar na equipa

Vários parâmetros para limar

• Foto: Manuel Araújo

Segunda bola

É uma das situações de jogo que mais insistência tem motivado por parte de José Peseiro durante os treinos. O técnico faz do ganho de bola quando o adversário a alivia do interior da sua área um ponto de honra, tanto como uma forma de manter a sua equipa em momento ofensivo como para aproveitar situações de finalização imediata que surjam.

Saída de drible

Sendo certo que a coesão das linhas adversárias pode ser ultrapassada coletiva ou individualmente, um dos cenários que carece de melhor aproveitamento por parte do FC Porto passa pelo remate imediato após a conquista de espaço em relação ao adversário mais próximo. O golo de Varela, ao Nacional, é um bom exemplo do que Peseiro pretende.

Cruzamento atrasado

As incursões em profundidade dos laterais desaguam maioritariamente em cruzamentos para o coração da grande área, no entanto, no Olival afina-se o cerco coletivo aos últimos metros de terreno. A intenção é disponibilizar a Maxi Pereira, Layún e José Ángel linhas de passe atrasadas a serem aproveitadas pela ‘chegada’ dos médios mais recuados.

Livre direto

Sem um cobrador de livres diretos definido, os dragões possuem no seu núcleo duro jogadores capazes de aproveitar este tipo de bola parada nas suas mais diversas formas. Enquanto Brahimi e Sérgio Oliveira se sentem mais confortáveis a cobrar em jeito, Layún é, por exemplo, uma opção a ter em conta quando o livre exige um remate em potência.

1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.