Buffon sobre André Silva: «Atingir o seu sonho? Desde que passemos nós a eliminatória»

Guardião italiano admite que o avançado portista marque um golo mas com uma condição

• Foto: MOVENOTICIAS

O guarda-redes Gianluigi Buffon manifestou-se esta terça feira "felicíssimo" por reencontrar Iker Casillas e até admite que André Silva lhe marque um golo, desde que a Juventus passe aos quartos de final da Liga dos Campeões.

"Estou felicíssimo por o reencontrar. Encontro um amigo, um adversário que estimo e respeito imenso. O Casillas fez uma escolha muito difícil. Teve a força de continuar a lutar e não acomodar-se. Vi-o jogar ultimamente e sempre em grande forma. Acredito que pode fazer dois grandes jogos", disse na antevisão ao jogo com o FC Porto, na quarta-feira, no Dragão.

O experiente guarda-redes também foi pródigo em elogios a André Silva: "Certamente um grande perigo, conheço-o muito bem. Que possa atingir o seu sonho? Desde que passemos nós a eliminatória. Quero fazer felizes o máximo número de pessoas. Esta é uma boa solução."

Buffon sabe que deve "estar na máxima forma" para não ceder ao ataque do FC Porto, que, defende, várias vezes faz "desesperar" os guarda-redes adversários. Espera ter ajuda nessa missão, pelo que confia que "toda a equipa vai ter um desempenho defensivo de alto nível".

Elogios ao FC Porto

O capitão afiança que a Juventus está num "momento muito bom, pelos resultados e exibições", à altura das dificuldades que espera por parte do conjunto português.

"Sabemos da importância do desafio e do valor do adversário, porque o FC Porto é uma equipa que este ano a nível europeu esteve sempre centrado nos seus objetivos. Costuma chegar aos 'oitavos' e 'quartos' da Liga dos Campeões. Tem muita experiência europeia e internacional. Temos o máximo respeito. Sabemos que devemos ter atenção se queremos qualificar-nos", alertou.

Gianluigi Buffon entende que o "prestígio e respeito" que a Juventus angariou no mundo do futebol tem muito a ver com a sua atitude, tanto no desempenho em campo como no respeito pelos adversários e seu valor.

"Para chegarmos aqui mostrámos o nosso melhor. Conquistámos prestígio e o respeito dos adversários, com mérito. Começamos os jogos sempre com a máxima seriedade, profissionalismo e sem presunção. É a única forma que conheço de chegar o mais longe possível nesta competição", concluiu.

Aos 39 anos, o seu currículo tem falta de um terceiro triunfo na Liga dos Campeões, mas o guarda-redes entende que a equipa precisa tanto de conquistar o cetro como a sua ambição pessoal.

O encontro entre o FC Porto e a Juventus, da 1.ª mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, realiza-se quarta-feira, a partir das 19h45, no Estádio do Dragão, com arbitragem do alemão Felix Brych.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.