Iker Casillas repudiou o ataque ao plantel do Sporting em plena Academia de Alcochete, mostrando-se solidário com os jogadores e treinadores leoninos e rejeitando qualquer violência no desporto.

"A rivalidade desportiva deve existir no terreno de jogo mas a violência desportiva não pode existir nem em campo nem fora dele. Estou solidário com os colegas do Sporting e repudio, com maiúsculas, o sucedido no dia de ontem. Fora com os violentos do desporto!", afirmou o guarda-redes do FC Porto.