Conceição: «Podíamos ficar aqui, ter quatro ou cinco oportunidades, que não fazíamos golo»

Técnico portista assume falta de eficácia e também de agressividade

• Foto: José Gageiro / Movephoto

Desapontado pelo desaire sofrido pelo FC Porto em casa do Feyenoord, Sérgio Conceição assumiu que os dragões não estiveram tão bem quanto tem sido habitual, ainda que tenha deixado claro que, a julgar pelas oportunidades que teve, a turma portista não merecia ter perdido em Roterdão.
"Entrámos bem no jogo, a controlar. Logo a abrir tivemos uma combinação que deixou o Nakajima na cara do golo e até aos 25 minutos o Feyenoord não tinha chegado à nossa baliza. Tivemos mais uma oportunidade do Pepe num canto onde o guarda-redes faz uma defesa. O jogo foi equilibrado, mas estivemos por cima na primeira parte. Aqui e ali, na nossa primeira linha de pressão, não fomos tão agressivos e deixámos espaço nas costas, permitindo ao adversário sair e variar o jogo. Saímos para o intervalo, corrigimos o que havia a corrigir, mas depois sofremos golo num lance caricato. A bola está na linha de fundo, há uma segunda oportunidade, o remate...

Fomos à procura, o jogo abriu-se muito e ficámos mais expostos. Tínhamos a sensação de que podíamos ganhar, mas dá-me também a sensação de que este é um daqueles jogos em que podíamos ficar aqui, e ter quatro ou cinco oportunidades, que não fazíamos golo. Foi uma partida não tão bem conseguida, onde não conseguimos aplicar um dos nossos pontos fortes, que é a agressividade, onde não tivemos num grandíssimo nível, tanto no jogo em si e até mesmo nas faltas. Na segunda parte acabámos por nos expormos um pouco. No geral não merecíamos perder por dois golos, pois em termos de ocasiões o empate teria sido mais justo. Mas quem marca é quem ganha. Temos de olhar para nós, para o que podíamos ter feito melhor para passar. Agora estão todas as equipa com 3 pontos, só dependemos de nós e vamos fazer tudo para passar"

Segundo golo

"Há coisas que são difíceis... Temos uma recuperação e depois perdemos a bola. Havia alguma fadiga de estarmos sempre em cima do adversário e o momento foi aproveitado. Faltou também alguma falta de agressividade nesse segundo golo e isso complicou jogo"

Jogo com o Rangers

"Todas as equipas têm 3 pontos e é um jogo para ganhar. Isso não há nada a fazer. Temos de olhar em frente. Aqui via a equipa num período muito bom, sabíamos das fragilidades do Feyenoord, mas hoje estiveram num patamar um pouco mais elevado do que tem estado. Já nós estivemos um pouco mais abaixo do que normalmente somos"

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.