Corona lembra polémica com Tata Martino: «Foi um mal-entendido»

Extremo portista está de volta à seleção

Novamente chamado à seleção mexicana, desta vez para os jogos da Liga das Nações da CONCACAF, frente a Bermudas e Panamá, Jesús Corona falou uma vez mais sobre o seu afastamento das opções de Tata Martino na Gold Cup. "Foi aborrecido, porque o que se falava não correspondia à verdade. Não sabia se havia de dizer algo ou não, era uma confusão dentro da minha cabeça, mas optei por não dizer nada. Sabia que chegaria o momento de dizer como foram as coisas, que foi um mal-entendido e ponto", explicou o jogador do FC Porto, de 26 anos, reportando-se à polémica de que foi protagonista no início do ano, quando não compareceu numa concentração da seleção, devido a lesão.

"Claro que queria estar na Gold Cup e pensava se ele me chamaria ou não... Depois de recuperar da lesão no tornozelo queria estar lá, mas o mal-entendido não o permitiu. Tinha a ilusão de ir à Gold Cup, mas tive de aceitar as consequências", revelou Corona, em declarações à imprensa mexicana.

Relação com Tata esteve cortada

Questionado também sobre o caso Corona, Tata Martino assumiu que a aproximação do jogador durante a Gold Cup foi determinante para a resolução do problema. "Foram fundamentais as chamadas que Jesús me fez durante a Gold Cup. Falámos durante muito tempo, não foi cara a cara, mas foi um avanço numa relação que estava cortada. Estar em linha direta dá-te a oportunidade de escutar a outra parte e a outra parte escutar-te a ti", explicou à ESPN.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.