Deputado socialista Ascenso Simões pede desculpa ao FC Porto após polémica no Twitter

Troca de galhardetes futebolísticos com amigo no levou a protestos de adeptos portistas

O deputado do PS Ascenso Simões
O deputado do PS Ascenso Simões
O deputado do PS Ascenso Simões
O deputado do PS Ascenso Simões
O deputado do PS Ascenso Simões
O deputado do PS Ascenso Simões
O deputado do PS Ascenso Simões
O deputado do PS Ascenso Simões
O deputado do PS Ascenso Simões

O deputado socialista Ascenso Simões veio este sábado anunciar nas redes sociais que endereçou uma carta ao presidente do FC Porto, Pinto da Costa, a pedir desculpa. 

Tudo por causa de uma polémica que nasceu no Twitter, explicada pelo próprio político: "No início desta semana, a propósito das coisas da política, mantive com @hugotiago, no Twitter, uma troca de banalidades que as redes sociais sempre suportam.
Estando ele vestido de azul e branco, para o irritar, disse-lhe que "os andrades eram coisa horrível" e, recuperando uma foto minha em que também eu estava vestido de azul e branco, brinquei, mais uma vez, dizendo que estava a ver "os dragões a saírem de uma casa de alterne".

A reação a esta troca de galhardetes clubísticos ultrapassou em muito as expectativas do deputado: "Esses meus tuites, apesar da minha conta ser fechada, não mais pararam de ser ampliados, o que levou @hugotiago, o meu parceiro de twitter, a dizer-me que tinha levado a conversa para a brincadeira e sabia que eu estava a brincar com ele.
A avalanche de protestos, de intimações, de reações acaloradas, de avaliações de caráter não tiveram fim. E perante elas eu teria duas atitudes a tomar: ou as desvalorizava ou as enquadrava e esclarecia. Cedo optei por esta segunda atitude".


Autor: Correio da Manhã

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.